PUBLICIDADE

Treinos curtos para quem não tem tempo: veja 3 opções

Profissional afirma que é possível ter uma rotina de exercícios mesmo com a rotina agitada. Veja três formas possíveis!

23 fev 2024 - 13h30
(atualizado às 15h42)
Compartilhar
Exibir comentários

Não é raro encontrar quem deixe os treinos de fora da rotina por falta de tempo no dia a dia, uma vez que, devido ao trabalho, estudos e outras responsabilidades, acaba sobrando pouco tempo para se exercitar.

Veja três formas de otimizar seu tempo com treinos mais curtos e eficazes
Veja três formas de otimizar seu tempo com treinos mais curtos e eficazes
Foto: Drazen Zigic/Freepik / Boa Forma

O problema nisso é que muitas pessoas ainda acreditam que as atividades físicas só funcionam quando demoram. Porém, isso não é verdade. De acordo com Guilherme Leme, personal trainer e gerente técnico da Bio Ritmo, não é preciso passar horas na academia para sentir os efeitos mentais e físicos que a prática traz ao corpo.

Segundo ele, treinos curtos, porém de alta intensidade, podem ser uma alternativa para quem busca incluir essa prática saudável na rotina cheia. "Incluir a atividade física em algum momento da semana é essencial. É possível colher os benefícios do exercício em atividades que demandam menos de 40 minutos. Treinos intensos e focados podem ser a chave para uma vida mais ativa e equilibrada, mesmo nos dias mais corridos", afirma.

Pensando nisso, Leme listou três tipos de treinos curtos e mais rápidos para encaixar da melhor forma na sua rotina. Confira!

Treinos curtos para rotinas corridas

Exercícios multiarticulares para treinos de força

Os treinos multiarticulares são interessantes para quem tem um período mais curto para se exercitar, pois mobilizam mais massa muscular ao mesmo tempo, conseguindo trabalhar várias partes do corpo de uma só vez. "A dica é para realizar cerca de cinco ou seis exercícios na sessão, sendo dois para membro inferiores, como leg press e agachamentos, e três para membros superiores, como supinos e remadas. Além disso, também é interessante finalizar com exercício de core, como prancha e abdominais", fala o professor.

Exercícios cardiovasculares contínuos

Para quem também busca fazer exercícios cardiovasculares, mas tem pouco tempo, pode ser interessante, realizar treinos de 20 a 30 minutos contínuos na esteira, bike ou elíptico.

Treinos intensivos

Para otimizar o tempo, os treinos de alta intensidade, que utilizam de pausas alinhadas com tiros de exercícios para elevar a máxima tensão, são uma opção . "É importante frisar que treinos como esse necessitam de uma fase de adaptação para suportar o ritmo. Uma dica é se adequar até conseguir realizar treinos intensivos cada vez mais rápidos e com grande potência", comenta.

Guilherme finaliza explicando que também é possível mesclar esses tipos de treinos: " Treino rápido de musculação, pode ser complementado com um tiro de alguma atividade cardiovascular. Mas varia de pessoa para pessoa e, por isso, é importante conversar com o educador físico de sua academia, antes de começar qualquer série."

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade