PUBLICIDADE

Não gosta de musculação? Veja dicas e alternativas para manter os treinos

Realizar outros tipos de exercícios pode fazer parte da sua rotina. Confira algumas opções para quem não gosta de musculação

27 nov 2023 - 16h49
(atualizado às 17h01)
Compartilhar
Exibir comentários

Por mais que muita gente reconheça a importância da atividade física para a saúde, além da estética, é bem possível que você conheça alguém que não gosta de musculação ou outras modalidades de atividade física.

Veja algumas alternativas de treino para quem não gosta de musculação
Veja algumas alternativas de treino para quem não gosta de musculação
Foto: Freepik/Divulgação / Boa Forma

Prova disso é uma pesquisa realizada pelo Serviço Social da Indústria (Sesi) que apontou que 52% dos brasileiros raramente ou nunca praticam nenhum esporte. O levantamento ainda aponta que 22% da população se exercita diariamente, 13% ao menos três vezes por semana e 8% pelo menos duas vezes.

Não é segredo que os exercícios físicos protegem a nossa saúde, mas ao falar em atividade física, é comum associar a prática à musculação, coisa que muitas pessoas tem certa aversão. "As pessoas que vão para a academia com vontade são minoria, é muito mais comum ouvir dos alunos que eles não gostariam de estar treinando", comenta José Corbini, personal do app Personal Virtual.

A boa notícia é que a "vida fitness" não se limita a levantar pesos e existem inúmeras modalidades esportivas que podem proporcionar benefícios igualmente significativos.

"A musculação não é a única opção para alcançar um corpo saudável e em forma. É claro que é a atividade física mais completa, mas é possível proteger a saúde e emagrecer de outras formas", explica o profissional.

É muito importante praticar um esporte que você goste, pois a chance de você desistir da prática diminui consideravelmente e, pensando nisso, o profissional listou algumas opções fáceis de encontrar nas academias.

10 benefícios da caminhada para o emagrecimento 10 benefícios da caminhada para o emagrecimento

Opções para quem não gosta de musculação

Artes marciais

Uma das "saídas" mais comuns para não realizar a musculação, é praticar algum tipo de arte marcial, modalidade facilmente encontrado nas academias. "Muitas pessoas gostam de praticar este esporte para se manterem saudáveis. Elas incluem estilos como karatê, judô, boxe, jiu-jitsu e muitos outros. Além de ensinar como se defender, as artes marciais também podem ajudar as pessoas a ficarem em forma, a se concentrarem melhor e a aprenderem a se controlar", explica o personal.

Esportes aquáticos

Atividades na água podem ser uma ótima maneira de se exercitar. Eles são ótimos para se refrescar e se divertir, além de serem excelentes para a saúde. "Atividades como natação, mergulho e hidroginástica, podem auxiliar na melhora da resistência, força muscular e coordenação. Além disso, eles podem ser praticados em diferentes níveis, desde atividades recreativas até competições profissionais", diz.

Danças

Substituir a musculação por danças pode ser uma alternativa viável para quem prefere uma abordagem mais dinâmica e divertida para se exercitar. Elas proporcionam um treino completo para o corpo, pois envolvem movimentos que trabalham vários grupos musculares, incluindo braços, pernas, abdômen e costas.

"As danças não são apenas uma forma de entretenimento, mas também uma atividade física que pode oferecer uma série de benefícios para a saúde. Além de melhorar a coordenação, flexibilidade e equilíbrio, as danças também podem ajudar a aumentar a resistência cardiovascular e a força muscular", enfatiza Corbini.

Esportes com bola

O personal explica que esportes com bola oferecem diversos benefícios para a saúde, como condicionamento físico, força muscular, agilidade e coordenação. "Futebol, basquete, vôlei, tênis, entre outros são uma maneira divertida de melhorar a saúde cardiovascular, pois muitos deles requerem movimentos rápidos que ajudam a aumentar a frequência cardíaca e a queimar calorias".

Esportes na areia

Esses esportes também são ótimos para o aprimoramento da coordenação, agilidade e reflexos, já que muitos deles exigem rápidas mudanças de direção e movimentos ágeis.

"Com o passar dos anos, as atividades físicas realizadas na areia vêm ganhando cada vez mais força. Beach tênis e futevôlei são os mais comuns, mas cada um desses esportes possuem uma demanda física diferente e específica. Por mais que haja uma diferença nos movimentos, ambos exercícios oferecem benefícios para a saúde e condicionamento físico", explica.

Tenha acompanhamento de um profissional

A orientação de um profissional da saúde é essencial em qualquer tipo de atividade física, para poder realizar os exercícios de forma correta e com atenção.

"Um treinador pessoal pode ser um grande apoio na sua jornada de condicionamento físico. Eles podem criar programas personalizados, garantir que você esteja executando os exercícios corretamente e fornecer motivação contínua", finaliza Corbini.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade