PUBLICIDADE

Mulher é salva por filha de 8 anos após aplicar injeção de emagrecimento

A inglesa Kerry Boland foi encontrada desmaiada no banheiro dois dias após aplicação do medicamento

16 mai 2024 - 15h30
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Kerry Boland, de 34 anos, recorreu a uma injeção de emagrecimento que mais tarde deu complicações, e ela já agora trabalha com uma nutricionista para atingir seus objetivos de condicionamento físico.
Kerry foi levada às pressas para o hospital e precisou tomar soro por 15h
Kerry foi levada às pressas para o hospital e precisou tomar soro por 15h
Foto: Kennedy News/Growht Coaching Col

Na tentativa de perder alguns quilos para impressionar clientes empresariais, Kerry Boland, de 34 anos, recorreu -- sem recomendação médica -- a uma injeção de emagrecimento com duração de um mês, que a deixou hospitalizada com possíveis danos aos órgãos.

Os medicamentos comprados por Karry custaram cerca de R$ 973 e foram recomendados por uma especialista em beleza, que também é enfermeira. O depoimento foi publicado no jornal inglês Daily Mail.

“Eu simplesmente não me sentia bem e queria uma solução rápida. Sendo uma mãe ocupada, não queria ir à academia. Eu tinha visto outras pessoas obtendo bons resultados e pensei: 'Bem, se funciona para elas, por que não para mim?'”, contou a empresária. 

As primeiras sensações com a aplicação do medicamento já mostraram a Kerry que ela deveria parar com o procedimento, mas ela contou que estava focada em fazer um ensaio fotográfico para seu empreendimento. 

“Duas horas depois de tomá-lo, eu estava desmaiada. Fui até a casa da minha irmã para visitá-la, mas não conseguia sair do sofá. Eu não conseguia levantar a cabeça, parecia que tinha uma pedra no ombro e tive fortes dores de cabeça”, lembra.

O que é o Ozempic? Veja cuidados e efeitos ao tomar o remédio O que é o Ozempic? Veja cuidados e efeitos ao tomar o remédio

Nos dois dias seguintes, Kerry ficou acamada em “agonia absoluta”, com cólicas estomacais extremas. Além do mal estar, ela não conseguia comer mais do que um pedaço de banana, o que a deixou ainda mais fraca.

“Eu estava dobrada, era como se alguém estivesse me chutando no estômago e eu tinha diarréia constante. Eu andava como o Corcunda de Notre Dame porque não conseguia ficar em pé. Meu amigo disse: 'Você precisa continuar comendo', mas isso só me fez sentir pior. Eu comia um pedaço de banana de cada vez e demorava horas. Fiquei acordado a noite toda, de hora em hora, no banheiro”.

Dois dias depois de injetar o medicamento, Kerry desmaiou no banheiro e foi acordada pela filha de 8 anos, que pediu ajuda ao padrasto para socorrer a mãe. 

“Fiquei desacordada por alguns minutos e então me lembro da minha filha me tocando e dizendo: 'Mãe, você está bem?' Acho que não fiquei desmaiada por muito tempo, estava muito fraca. Ela gritou pelo meu companheiro e ele me levou ao hospital. Eles me colocaram em soro por 15h”, lembra a empresária.

Agora, Boland teme que possa ter causado danos permanentes aos seus órgãos e compartilha sua terrível experiência para alertar outras pessoas contra a utilização de produtos de “solução rápida”.

“A solução rápida para colocar um vestido não existe porque você sempre acaba colocando-o de volta. Não acho que seja uma questão de número na balança, mas sim de como me sinto.

“O sucesso não acontece da noite para o dia, mas a internet quer que acreditemos no contrário e acho que esse é o problema.”

Agora, Boland está trabalhando com uma nutricionista e treinadora hormonal e faz musculação cinco vezes por semana na academia para atingir seus objetivos de condicionamento físico.

Ozempic x Mounjaro: qual dos dois remédios é mais potente? Ozempic x Mounjaro: qual dos dois remédios é mais potente?

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade