0

Hipertensão: sintomas e cuidados necessário com a pressão alta

11 jan 2019
07h11
  • separator
  • comentários

Muitas vezes silenciosa, a hipertensão arterial atinge cerca de 20% a 30% da população adulta no Brasil, segundo estimativas. Chamada popularmente de pressão alta, é caracterizada por uma tensão acima do normal exercida pelo sangue sobre as paredes dos vasos.

A doença é responsável por provocar derrame e infarto, além de outras complicações. Além da hereditariedade, consumo excessivo de gordura, tabagismo e falta de exercícios físicos aumentam as chances da pessoa ter pressão alta. 

Entre as principais causas aparece também o consumo excessivo de sal. Analgésicos, estimulantes, drogas ilícitas e hormônios anabolizantes também aparecem na lista, além do fumo, consumo de bebidas alcoólicas, obesidade e estresse.

Estilo de vida

Para evitar a doença, especialistas defendem a manutenção de um estilo de vida mais saudável, com a prática e atividade física e uma alimentação equilibrada. Por isso, é importante manter o peso adequado, evitando consumir comidas gordurosas, além de abandonar o fumo e beber com moderação. 

Com a ajuda de um medidor, é possível monitorar a pressão arterial até mesmo em casa. Mas atenção: o equipamento deve estar sempre calibrado. É recomendando ainda consultar um médico especialista a cada seis meses. Apesar de não ter cura, controlar a hipertensão evita problemas. Por isso, é importante utilizar os remédios indicados pelo profissional de saúde, além de mudar os hábitos.

Sintomas

A hipertensão pode se manifestar apenas quando atingir órgãos vitais. Podem correr dores no peito e na cabeça, fraqueza, tontura, vômito, visão embaçada e falta de ar, por exemplo. Por isso, é fundamental medir a pressão regularmente, além de procurar um especialista.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade