PUBLICIDADE

Exagerou nas festas? Descubra como desinchar o corpo rapidamente

Confira dicas de uma nutricionista para driblar os excessos de fim de ano e acabar com a retenção de líquidos

4 jan 2024 - 14h06
(atualizado às 15h49)
Compartilhar
Exibir comentários

Com as vastas opções de bebidas e comidas nas festas de fim de ano, é comum exagerarmos no consumo de açúcar, gorduras e bebidas alcoólicas. E, como consequência disso, aquela sensação incômoda de inchaço pode aparecer.

Mas, a boa notícia é que existem algumas dicas que podem te ajudar a solucionar esse problema rapidamente. A seguir, Andryely Pedroso, nutricionista e consultora técnica Desinchá, compartilha cinco delas. Não perca!

Aprenda a desinchar o corpo rapidamente |
Aprenda a desinchar o corpo rapidamente |
Foto: jcomp/Freepik / Boa Forma

O QUE É O INCHAÇO?

Antes de mais nada, é fundamental entender o que é esse inchaço que sentimos quando exageramos na alimentação, como o alto consumo de açúcar, sódio e álcool.

"O corpo passa a reter água entre as células e o resultado é a sensação de inchaço no corpo, especialmente nas extremidades como pés e mãos e regiões como barriga e rosto. Por vezes, esta retenção de líquidos pode gerar um edema visível, capaz de deixar a pele brilhante devido ao acúmulo de água em locais específicos do corpo", explica a especialista.

COMO DESINCHAR O CORPO RAPIDAMENTE

Beba 40 ml de água por quilo de peso corporal

A ingestão hídrica adequada ajuda a sinalizar ao organismo que não há a necessidade de retenção de líquidos. Portanto, quanto mais água você beber, menos água o seu corpo irá reter.

Para evitar a desidratação e o inchaço, o ideal é tomar aproximadamente 40ml de água para cada quilo de peso corporal. E lembre-se: não devemos beber água apenas quando temos sede, a hidratação deve ser feita de maneira regular e constante ao longo do dia.

"Se preferir, você pode adicionar frutas cítricas para saborizar a água ou incluir chás sem açúcar na sua meta diária de ingestão hídrica", sugere a nutricionista.

Consuma frutas e verduras diuréticas

Busque priorizar o consumo de frutas e verduras com alto teor de água, menor teor de carboidratos e propriedades diuréticas naturais na sua alimentação. Esses alimentos estimulam a produção de urina e colaboram para a eliminação de líquidos retidos. Melancia, melão, abacaxi, cenoura, maçã, beterraba, pepino e tomate são ótimas opções.

Evite alimentos ultraprocessados, sal e açúcar

Os alimentos ultraprocessados, ricos em sódio e açúcares refinados, podem aumentar a retenção de líquidos e a inflamação corporal. Evite embutidos, doces, alimentos em conserva, massas refinadas e bebidas alcoólicas.

Beba chás diuréticos e antioxidantes

Além de melhorar a ingestão hídrica e de alimentos diuréticos, uma boa ideia é apostar em chás com propriedades diuréticas,  pois eles estimulam a maior eliminação de água e toxinas pela urina (diurese).

Algumas ervas também podem fornecer outros benefícios, como o combate à inflamação e a prevenção contra os danos causados pelos exageros de fim de ano.

  • Chá verde: Rico em catequinas, tem propriedades antioxidantes, estimulantes e diuréticas.
  • Carqueja: Conta com propriedades diuréticas, digestivas, hepatoprotetoras e antioxidantes.
  • Cavalinha: É conhecida por sua capacidade terapêutica natural, favorecendo a saúde óssea, o alívio de retenção de líquidos e a saúde da pele.
  • Hibisco: Oferece propriedades diuréticas e anti-inflamatórias, além de auxiliar no controle dos níveis de colesterol e na saúde digestiva.

5 alimentos anti-inflamatórios e detox para comer depois das festas de fim de ano 5 alimentos anti-inflamatórios e detox para comer depois das festas de fim de ano

Pratique atividades físicas associados a estimulantes naturais

A prática de atividades físicas, especialmente as aeróbicas, como caminhada, corrida, natação e ciclismo, pode melhorar a circulação sanguínea e a eliminação de líquidos retidos, pois o movimento muscular estimula o sistema linfático.

Outra forma de desinchar o corpo após os exageros do fim de ano é associar os exercícios a suplementos estimulantes naturais. No entanto, algumas pessoas têm contraindicação para o consumo de estimulares, como a cafeína, por isso, é indispensável procurar uma orientação profissional.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade