PUBLICIDADE

Sarna humana: Entenda as causas e o tratamento

A doença que chegou na Praia Grande pode manifestar sintomas como coceira intensa e vermelhidão na pele

25 mai 2021 12h35
ver comentários
Publicidade
O tratamento pode ser feito com medicamentos e uso de cremes
O tratamento pode ser feito com medicamentos e uso de cremes
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Recentemente foram registrados diversos casos de sarna humana na Praia Grande, no litoral de São Paulo. É uma doença infecciosa também conhecida como escabiose, que atinge a pele e pode manifestar sintomas como coceira intensa e vermelhidão.

Segundo a Dra.Isabela Faida Leiva, dermatologista da Clínica Landecker o ácaro ao contrário dos que muitos pensam, tem como ser o único hospedeiro a epiderme humana. Não há origem de gato, cachorro ou pelo de animal. A transmissão ocorre a partir do contato entre as pessoas contaminadas. É possível também o contágio por meio das roupas de banho e cama. 

"Além disso, esse tipo de doença é comum em lugares não higienizados ou com aglomerações como em bairros menos favorecidos ou periféricos, uma vez que sua principal causa é a higienização inadequada", explica a médica.

As manifestações mais comuns da doença é o surgimento de uma coceira intensa na pele, que piora durante a noite, pequenas bolhas, placas vermelhas, linhas perto das bolhas que parecem caminhos ou túneis. Quando se trata da primeira infecção, os sintomas costumam surgir em até 2 meses, no entanto nos casos seguintes, eles podem surgir em menos de 4 dias.

No tempo em que não há sintomas, a sarna humana pode ser transmitida de pessoa para pessoa. Por isso, caso seja identificado um caso de sarna na família, é importante que todas as pessoas com quem teve contato sejam testadas para que possa ser iniciado o tratamento adequado, caso haja necessidade.

Como é possível tratar a sarna humana?

O tratamento pode ser feito com os medicamentos e cremes abaixo:

Permetrina: é um creme que deve ser passado na pele para eliminar o ácaro e seus ovos. Pode ser usado em adultos, grávidas e crianças com mais de 2 anos.

Crotamiton: pode ser comprada em forma de creme ou loção que deve ser aplicado diariamente. Não deve ser usado por grávidas ou mulheres a amamentar.

Ivermectina: é um comprimido que fortalece o sistema imune e ajuda a eliminar o ácaro. Não deve ser utilizado por grávidas, mulheres a amamentar ou crianças com menos de 15 Kg.

O ideal é usar a pomada ou os medicamentos antes de dormir. Durante o tratamento é essencial manter uma higiene corporal adequada e lavar com água quente todas as roupas, lençóis ou toalhas que estiveram em contato direto com a pele. 

"Se o tratamento for feito de maneira adequada e os cuidados com a higiene de cama e roupas de banho também, é possível de 15 a 20 dias ter uma melhora ou até mesmo a cura do problema", finaliza a dermatologista.

Consultoria: Dra Isabela Faida Leiva , dermatologista da Clinica Landecker

Saúde em Dia
Publicidade
Publicidade