PUBLICIDADE

Natal sem exageros: saiba como driblar as gordices da festa

Dormir bem, fazer um detox pré-ceia e não usar uma roupa muito larguinha estão entre as dicas para não acumular quilos extras no fim do ano

23 dez 2014 17h27
ver comentários
Publicidade

Festas de fim de ano são sinônimo de tentações gastronômicas. A mesa farta, com muitas opções salgadas e doces, abre espaço para a comilança. Quem nunca passou da conta nessa época e o resultado foi se sentir estufado e com quilinhos a mais na balança?  Para driblar as ‘gordices’ típicas das comemorações de Natal e Ano-Novo, o Terra conversou com especialistas e listou dicas fundamentais e inusitadas. Sabia que até a escolha do figurino pode ajudar? Confira:

Foto: Reprodução

Siga Terra Estilo no Twitter 

Faça um detox pré-festas

Durante a semana das festas, invista em alimentos diuréticos e ricos em fibras, como abacaxi, melancia, oleaginosas e suco verde. “No dia, você poderá abusar um pouquinho mais”, disse o endocrinologista Alfredo Cury, do Spa Posse do Corpo.

Durma bem nos dias anteriores

“Aposte em uma boa noite de sono. Com isso, o metabolismo funcionará normalmente, e o pecado da gula estará afastado”, explicou o endocrinologista Cury.

Planeje-se

Nem pense em pular refeições para “sobrar mais espaço na barriga” para aproveitar a ceia. “O jejum prolongado aumenta os níveis circulantes de insulina pós prandial (após as refeições), colaborando para o aumento da glicemia e gordura abdominal, um dos maiores fatores de risco para as doenças crônicas não-transmissíveis, como diabetes, cardiovasculares e obesidade. Quanto mais tempo ficamos sem nos alimentar, maiores são os níveis de cortisol, um hormônio que, em excesso, colabora para o aumento de gordura abdominal, insônia, perda de massa magra”, ressaltou a nutricionista funcional Alessandra Almeida, da Clinica Andrea Santa Rosa.

Portanto, até a hora da festa, mantenha seus hábitos alimentares como se fosse outro dia qualquer. Escolha refeições que proporcionem saciedade para ajudar a não exagerar na hora da festa. O nutricionista Matheus Motta, do Vigilantes do Peso, recomenda pão integral para o café da manhã, salada de folhas e carnes magras no almoço, e lanche com iogurte e frutas à tarde.

 

Escolha o figurino certo

Não pense apenas na beleza do modelito que vai usar nas festas de fim de ano. Vista algo confortável para dançar e se movimentar, mas não confortável demais. Nada de dar tanto espaço para a cintura, senão pode acabar abusando da comida. “Se bater a vontade de abrir o botão da calça, é melhor se conter, pode ser um sinal de que você está exagerando. Aproveite para dar uma caminhada”, disse Matheus Motta.

Tire o foco da comida

Não é porque esse período oferece mesa farta que você deve comer tudo e de uma vez só, comentou Cury. Aproveite o momento com sua família e seus amigos, converse, divirta-se, dance. Não faça da comida um problema, acrescentou Motta.

Mastigue bem

Não tenha pressa para comer. Mastigue bem e devagar. “Assim, você dá tempo ao corpo de se saciar e a sobremesa não vira uma tentação incontrolável”, explicou Motta.

Beba água: antes, durante e depois

A água é uma grande aliada para o equilíbrio do seu corpo, já que facilita a absorção de vitaminas, reduz o estresse e ainda desintoxica o organismo. “Durante a festa, beba água entre os pratos e bebidas”, recomendou Motta.

Dê uma volta

Após a refeição, convide seus amigos ou familiares mais próximos para uma caminhada. Aproveite para colocar aqueles assuntos mais pessoais em dia. Assim, se afasta um pouco do ambiente repleto de comida e, portanto, de tentações, comentou o nutricionista Motta. Fora que se movimentar é sempre válido.

Livre-se das sobras

A festa foi na sua casa? Livre-se das sobras para não comer mais depois que os amigos forem embora ou abusar no dia seguinte. “Embrulhe-as e peça para os convidados levarem para casa. Também pode separá-las em porções bem pequenas e congelá-las, podendo ser usadas como ingredientes em novas receitas e refeições”, comentou Motta.

Não custa lembrar

Alguns cuidados mais óbvios também merecem ser destacados. Por exemplo, evitar excessos e pensar em pratos leves que possam ser servidos como garantia para escolhas saudáveis. A nutricionista Sônia Almeida, do Vigilantes do Peso, recomenda trocar o tradicional peru assado com farofa por peixe assado com ervas finas e o leitão à pururuca por lombinho assado na laranja. Que tal bacalhau frio em lascas com salada de hortaliças e ervas? “Fuja da tradicional salada de batata com maionese. Experimente o cuscuz marroquino. Ofereça purê de legumes, como de batata-baroa (mandioquinha), de brócolis com couve-flor e de abóbora no lugar do tradicional arroz natalino”, recomendou Sônia.

Comer salada antes da ceia ajuda na saciedade e, portanto, facilita evitar exageros, lembrou Cury. As oleaginosas, fontes de gorduras boas, também colaboram nessa tarefa. “Castanhas, avelã, nozes e amêndoas fazem parte de uma ceia de Natal tradicional e enriquecer a salada ou os pratos típicos com elas ajuda a reduzir a porção do prato”, disse a nutricionista Alessandra.

Para fugir da tentação dos doces, abuse das frutas secas, como passas e ameixas, que são saudáveis e saborosas, lembrou Cury. “As melhores sobremesas são aquelas que levam frutas, pouco açúcar e pouca gordura. Assim, o resultado é uma combinação deliciosa com alta contribuição nutricional. Por exemplo, musse de limão com calda vermelha e sorvetes light misturados com pedaços de frutas frescas”, disse Sônia. 

Confira 34 deliciosas entradas para a ceia Confira 34 deliciosas entradas para a ceia

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
Publicidade
Publicidade