PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Bia punida no BBB 24: por que não se deve colocar casca de fruta em contato com a pele?

Participante foi alertada 2 vezes no reality sobre os perigos de usar cascas de frutas como roupa; dermatologista lista os riscos da prática

5 abr 2024 - 10h18
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Nos últimos dias, a participante Beatriz Brasil do BBB 24 precisou ser chamada a atenção pela produção por usar cascas de frutas em contato com a pele, podendo resultar em queimaduras solares, hiperpigmentação, irritações e alergias. Para remediar, é aconselhado interromper o contato com as cascas e buscar orientação médica.
Foto: Reprodução/Globoplay

Nos últimos dias, a participante Beatriz precisou ser chamada a atenção pela produção do BBB 24 duas vezes por usar cascas de frutas em contato com a pele e se expor ao sol. Primeiro, a sister fez um top de cascas de laranja. Depois, ela chegou a desfilar na área externa com cascas de bananas em um biquíni.

O Terra conversou com o dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Lucas Miranda, sobre os riscos que usar cascas de frutas em contato direto com a pele pode trazer para a sua saúde. 

O médico explica que algumas pessoas podem desenvolver dermatite de contato ou reações alérgicas a componentes específicos das frutas ou cascas, especialmente se tiverem peles sensíveis ou alergias pré-existentes.

“Alguns compostos presentes nas frutas, especialmente os cítricos, podem tornar a pele mais sensível ao sol, resultando em queimaduras solares ou manchas escuras (hiperpigmentação) quando expostas à luz UV. Da mesma forma, frutas ácidas, como o limão, também podem gerar irritações severas ou queimá-la”, alerta o dermatologista. 

Caso assim como Beatriz você tenha se arriscado a incorporar as frutas no seu guarda-roupa, o profissional aconselha interromper imediatamente o contato com as cascas, além de alguns cuidados necessários:

  • Lavar a área afetada com água fria;
  • Usar sabonete neutro para remover quaisquer resíduos da substância irritante;
  • Aplicar hidratante leve para ajudar a acalmar e restaurar a barreira cutânea;
  • proteger a área da pele afetada do sol;
  • Usar protetor solar e roupas protetoras, pois a pele danificada pode ser mais suscetível a queimaduras solares e hiperpigmentação.

Em casos mais graves ou persistentes, é crucial buscar orientação médica. Um dermatologista pode prescrever tratamentos específicos, como cremes corticosteróides ou anti-histamínicos.

Embora algumas frutas, como a banana e o abacate, sejam promovidas como benéficas em receitas caseiras de skincare devido às suas propriedades hidratantes e nutricionais, a segurança e eficácia podem variar. Os riscos incluem irritação, alergias ou problemas decorrentes do uso inadequado. 

“É sempre aconselhável consultar um dermatologista para orientações personalizadas e, ao invés de realizar receitas caseiras, dar preferência a cremes e produtos que já foram testados dermatologicamente e que passaram por estudos e testes que validam tanto os efeitos positivos na pele, quanto diminuem o risco de alergias”, orienta o especialista. 

7 cascas de frutas que você deveria consumir para ter mais saúde 7 cascas de frutas que você deveria consumir para ter mais saúde

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Publicidade