PUBLICIDADE

Como engrossar as pernas na academia e aumentar a testosterona

Dedicar-se aos membros inferiores também pode melhorar hipertrofia do tronco; entenda

2 set 2021 15h26
ver comentários
Publicidade
Como engrossar as pernas
Como engrossar as pernas
Foto: Shutterstock / Sport Life

Engrossar as pernas na academia é uma busca constante, principalmente, para as mulheres que praticam musculação. Porém, uma foto do ex-presidente Lula, que viralizou na semana passada, impressionou as pessoas. O fato é que as coxas fortes e volumosas apresentadas pelo antigo líder político - de 75 anos de idade - podem ser um incentivo para muitos homens que costumam pular o treino de pernas na academia.

Seja por preguiça, ou até mesmo falta de informação, algumas pessoas não gostam de treinar pernas. Sobretudo os homens, que valorizam mais o ganho de massa muscular nos membros superiores, como braço, peito e costas. No entanto, essa má vontade em realizar exercícios para as coxas, panturrilhas e glúteos pode custar caro.

O primeiro de tudo, claro, é o prejuízo estético que isso causará no corpo. Desenvolver as partes superiores da musculatura e ignorar as inferiores, causará uma desarmonia evidente no físico. Além de gerar um desequilíbrio de força. "Visando a estética, fica completamente desproporcional a parte superior. Os impactos negativos que podem ocorrer é prejudicar a mobilidade, postura e até mesmo dores na coluna", conta o personal trainer, Márcio Lui.

Treinar perna pode aumentar níveis de testosterona no corpo

Mas, o que talvez algumas pessoas não saibam, é que treinar pernas da maneira adequada também pode potencializar os resultados de outros músculos, com o aumento da testosterona no corpo. "Treino de perna pesado" é o que químico, educador físico e atleta IFBB profissional, Renato Cariani, recomenda para as pessoas que querem aumentar os níveis hormonais de maneira natural.

De acordo com dicas que o profissional costuma dar em seu canal no YouTube, fatores como desgaste físico, alta demanda energética e micro lesionamento de fibras em grande volume, são os responsáveis pelo aumento da produção do hormônio no treino de pernas. "O seu corpo obriga suas funções fisiológicas responsáveis por produção de testosterona, a produzirem mais testosterona", explica.

O personal Márcio Lui também acredita que o treino de membros inferiores pode auxiliar no desenvolvimento de outros grupos musculares. "Ao manter o nível desses hormônios elevado no organismo, o treino para membros inferiores contribui para os resultados de membros superiores", explica o especialista.

Dicas para melhorar o treino

Agora chegou a hora de descobrir como engrossar as pernas. Para quem já se convenceu da importância de incluir treinos específicos de membros inferiores na rotina, existem algumas maneiras de otimizar os ganhos. É possível treinar uma ou duas vezes por semana. Separar um dia para realizar exercícios apenas para os quadríceps e outro para os músculos posteriores. Ou até mesmo combinar o treino de pernas com algum músculo pequeno. O importante é analisar bem as individualidades e objetivos de cada um.

A melhor saída, nesse caso, é recorrer a ajuda de um profissional de educação física capacitado. Ele saberá analisar e orientar corretamente cada indivíduo, para que os resultados sejam rápidos e seguros. "Tudo vai depender do volume de treino e dos exercícios escolhidos. Com o volume de treino maior, não podemos focar somente nos músculos, temos que pensar em articulações. Por isso devemos escolher bem os exercícios e saber dividir nos dias certos", explica Lui. De acordo com o especialista, os principais exercícios para quem quer engrossar as pernas são os básicos, como agachamento livre, leg press, stiff e cadeira extensora. "Exercícios que tem grande ativação de fibras musculares, e perfeitos para quem quer tonificar as pernas de um modo completo", explica.

Sport Life
Publicidade
Publicidade