PUBLICIDADE

Abdominoplastia: entenda as diferentes finalidades do procedimento

A abdominoplastia promove maior contorno do corpo, mas nem todo procedimento é igual. Saiba a finalidade de cada um

18 out 2023 - 17h01
(atualizado às 21h03)
Compartilhar
Exibir comentários

O Brasil é o segundo país em número de cirurgias plásticas realizadas no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Entre os procedimentos mais feitos, a abdominoplastia está se tornando cada vez mais conhecida e popular, principalmente pela sua capacidade de acentuar o contorno do corpo.

Abdominoplastia: entenda as diferentes finalidades do procedimento -
Abdominoplastia: entenda as diferentes finalidades do procedimento -
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

O Dr. Vitor Nunes, cirurgião plástico e membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), explica que a abdominoplastia é a plástica da região umbilical, onde se corrige o excesso de pele e a flacidez da região. "Se for necessário, o procedimento aproxima os músculos caso estejam afastados, corrigindo a diástase e também hérnias se houver", afirma.

Segundo o médico, a cirurgia é indicada quando se tem flacidez na região, excesso de pele ou muitas estrias abaixo do umbigo. Esses sinais, aliás, geralmente surgem após grande perda ponderal, múltiplas gestações ou com o processo de envelhecimento e queda dos hormônios.

Quais são os principais tipos de abdominoplastia?

Existem vários tipos de abdominoplastias, indica o cirurgião plástico. De acordo com ele, cada tipo vai depender da queixa do paciente, dos objetivos e da intensidade da flacidez e da localização.

"Existem a abdominoplastia clássica, miniabdominoplastia, abdominoplastia reversa, abdominoplastia estendida, abdominoplastia em âncora e abdominoplastia circunferencial. O que as diferencia são o posicionamento da cicatriz", diz.

Por exemplo, se, além da flacidez na região abdominal, o paciente também tem uma flacidez importante na região lateral, na região dos flancos e cintura, somente a abdominoplastia clássica não tem capacidade de dar resultado. 

"Portanto, nesse caso, é necessário uma abdominoplastia estendida, onde amplia-se a cicatriz para lateral, tratando a região dos flancos, uma flancoplastia, e essa associação dos dois procedimentos se chama abdominoplastia estendida", justifica Vitor.

Precauções

As precauções a serem tomadas antes e depois de uma abdominoplastia são várias. Por isso, é importante passar em uma consulta médica para receber boas orientações. Como exemplo, pode atentar nos cuidados com a cicatriz, evitar o sol, evitar esforço físico antes da hora, cuidado na posição de dormir, de andar e ficar encurvada. Às vezes é necessário realizar uma drenagem no pós-operatório. Além disso, é importante também ter cuidado com os curativos. 

"Na hora de escolher o especialista, verifique a formação e procure orientação para o esclarecimento de todas as dúvidas. Depois de ter todas as expectativas alinhadas, operar em um ambiente hospitalar é fundamental", destaca Vitor Nunes.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade