PUBLICIDADE

5 dicas para pacientes com artrose frequentarem a academia

Médico explica como praticar atividade física pode diminuir os sintomas e retardar a progressão da doença

2 abr 2024 - 17h00
(atualizado em 5/4/2024 às 10h06)
Compartilhar
Exibir comentários

A artrose é uma condição degenerativa que impacta as articulações do corpo, levando ao desgaste da cartilagem que cobre as extremidades dos ossos. Com isso, pode haver dor, inchaço, rigidez e até mesmo limitação do movimento das articulações afetadas.

Praticar exercício físico pode contribuir para a melhora dos sintomas da artrose
Praticar exercício físico pode contribuir para a melhora dos sintomas da artrose
Foto: Kostiantyn Voitenko | Shutterstock / Portal EdiCase

Embora seja mais comum em idades avançadas, também pode afetar pessoas mais jovens devido a lesões articulares, obesidade ou outras condições médicas. Conforme a Organização Mundial da Saúde, a artrose atinge aproximadamente 80% da população global. No Brasil, dados do Ministério da Saúde indicam que há cerca de 15 milhões de pessoas com essa condição.

É comum que muitos acreditem que atividades físicas intensas, como aquelas praticadas na academia, possam piorar os sintomas. No entanto, o Dr. David Gusmão, ortopedista e especialista em quadril, alerta que quando feitos corretamente, os exercícios podem ser aliados poderosos no combate à artrose.

Importância da atividade física

Segundo o médico, exercícios de fortalecimento muscular, resistência e funcionalidade não são apenas permitidos, mas recomendados para quem convive com essa condição. "A prática regular de exercícios pode ajudar a reduzir a dor, melhorar a função articular e retardar a progressão da artrose", afirma.

O segredo está no planejamento e na adaptação dos treinos. "Aqueles que desejam iniciar uma rotina de exercícios na academia devem fazê-lo com a orientação de profissionais qualificados, como ortopedistas e fisioterapeutas. É fundamental individualizar o treino de acordo com o tipo e grau da artrose de cada pessoa", destaca o Dr. David Gusmão.

6 motivos para incluir o agachamento no seu treino 6 motivos para incluir o agachamento no seu treino

Dicas para pacientes com artrose

Abaixo, o Dr. David Gusmão lista 5 dicas para quem tem artrose e deseja frequentar a academia. Confira!

1. Busque orientação de profissionais de saúde 

Consultar um especialista antes de iniciar qualquer programa de exercícios é importante para garantir que o treino seja seguro para a sua condição específica.

A gravidade da artrose deve ser levada em consideração antes de iniciar os exercícios físicos
A gravidade da artrose deve ser levada em consideração antes de iniciar os exercícios físicos
Foto: NDAB Creativity | Shutterstock / Portal EdiCase

2. Leve em consideração a gravidade da artrose 

Se a artrose for mais grave, opte por exercícios de baixo impacto, como natação, ciclismo e caminhada, que colocam menos pressão sobre as articulações. 

3. Opte por exercícios de fortalecimento muscular 

Foque em exercícios de fortalecimento muscular para proteger as articulações afetadas pela artrose.

4. Se aqueça antes de começar o treino 

Realize um aquecimento adequado antes do treino e alongamento após a atividade física para reduzir o risco de lesões.

5. Fique atento às dores

Não hesite em comunicar sobre qualquer desconforto ou dor durante os exercícios aos profissionais responsáveis pelo acompanhamento.

Benefícios de frequentar a academia 

Para aqueles que sofrem com a artrose, a ideia de frequentar uma academia pode parecer assustadora. No entanto, com a orientação certa e uma abordagem personalizada, pode se tornar uma aliada poderosa no gerenciamento da condição e na melhoria da qualidade de vida.

Por Tayanne Silva 

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade