PUBLICIDADE

Dias de sono ruim podem dar a sensação de envelhecer 10 anos

Para pesquisadores, melhor saúde cerebral ajuda pessoas a se sentirem mais jovens

3 abr 2024 - 12h11
Compartilhar
Exibir comentários

Um novo estudo feito pela Universidade de Estocolmo, na Suécia, chegou à conclusão de que passar alguns dias com insônia já é o suficiente para que as pessoas tenham a sensação de terem envelhecido 10 anos.

O estudo, recentemente divulgado na revista científica Proceedings of the Royal Society B., foi dividido em duas fases. Na primeira, 429 indivíduos de idades entre 18 e 70 anos que não dormiram as 7 horas de sono necessárias para recuperação do corpo relataram o quão sonolentos se sentiam.

Os pesquisadores chegaram à constatação de que cada noite mal dormida estava ligada a uma sensação de 0,23 ano mais velhos. Com este resultado, os cientistas conduziram um segundo experimento, dessa vez com 186 pessoas entre 18 a 46 anos, que puderam dormir apenas 4 horas em duas noites seguidas.

Depois, eles dormiram duas noites seguidas por 9 horas, para comparar resultados e descobriram que os voluntários se sentiam em média 4,4 anos mais velhos quando não dormiam bem.

"Considerando que o sono é essencial para a função cerebral e o bem-estar geral, decidimos testar se o sono guarda algum segredo para preservar uma sensação de juventude", disse Leonie Balter, pesquisadora do departamento de Psicologia da Universidade de Estocolmo e autora do estudo, em comunicado. Segundo ela, "passar da sensação de alerta para a sonolência acrescentou impressionantes 10 anos à sensação de idade”.

Qual a explicação por trás disso?

De acordo com o neurocirurgião Felipe Mendes, o sono desempenha um papel crucial na regulação de múltiplos processos fisiológicos e neurológicos. "A falta de sono de qualidade pode levar a uma série de respostas negativas no corpo, que contribuem para a sensação de envelhecimento precoce", afirma.

"Primeiramente, o sono insuficiente interfere na capacidade do corpo de reparar o DNA celular e manter a integridade dos telômeros, estruturas que protegem os cromossomos e estão associadas ao envelhecimento celular", alerta o médico. Além disso, a privação do sono também afeta negativamente o sistema imunológico, aumenta o estresse oxidativo e a inflamação, e pode desencadear alterações hormonais, como aumento nos níveis de cortisol, conhecido como o "hormônio do estresse". 

Segundo o médico, todos esses fatores podem acelerar o processo de envelhecimento biológico e prejudicar a saúde cerebral, levando a uma sensação de se sentir mais velho.

Como salvar o seu dia após uma noite ruim de sono Como salvar o seu dia após uma noite ruim de sono

O que é uma "boa noite de sono"?

Felipe explica que uma boa noite de sono é caracterizada não apenas pela duração, como também pela qualidade do sono. "Idealmente, adultos devem mirar entre 7 a 9 horas de sono por noite, conforme recomendado por especialistas em sono.

A qualidade do sono envolve conseguir dormir relativamente rápido após ir para a cama (em 30 minutos ou menos), permanecer dormindo durante a noite com poucas interrupções, e passar por todos os estágios do sono, que incluem o sono leve, profundo e o sono REM (Movimento Rápido dos Olhos), essencial para a consolidação da memória e aprendizado.

Acordar sentindo-se descansado pela manhã é um bom indicativo de que se teve uma noite de sono de qualidade".

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Publicidade