PUBLICIDADE

Depressão pós-Carnaval existe? Psicanalista esclarece

Após a folia, voltar à rotina pode ser desafiador para algumas pessoas. Saiba mais!

19 fev 2024 - 17h03
(atualizado às 18h58)
Compartilhar
Exibir comentários

Marcado pela animação, pelos bloquinhos de rua e pela alegria, o Carnaval é um feriado bastante esperado por muitas pessoas. Mas, quando toda essa empolgação acaba e é hora de voltar à rotina, pode bater aquela tristeza, também conhecida como " depressão pós-Carnaval".

Entenda quais são os sinais da depressão pós-Carnaval |
Entenda quais são os sinais da depressão pós-Carnaval |
Foto: freepik/Freepik / Boa Forma

É NORMAL TER DEPRESSÃO PÓS-CARNAVAL?

Segundo Elizandra Souza, psicanalista, esse sentimento de desânimo após a folia é normal. "A melancolia pós-Carnaval é uma experiência comum para algumas pessoas. Depois de períodos festivos intensos, é possível sentir uma espécie de nostalgia ou queda de energia. Isso por ser atribuído ao contraste entre a agitação e o retorno ao cotidiano", esclarece.

O quadro varia de pessoa para pessoa, e nem todos o experienciam. Enquanto algumas pessoas conseguem retomar a rotina de maneira produtiva e tranquila, outras podem encarar grandes dificuldades para essa transição.

Não existe uma porcentagem exata de quantos indivíduos sofrem com a depressão pós-Carnaval, uma vez que a resposta emocional é influenciada por diversos fatores individuais e culturais.

Elizandra alerta que a melancolia não deve ser persistente. "A duração é bastante subjetiva e pode ser diferente de acordo com cada um. Geralmente, ela costuma ser temporária e diminui quando as pessoas se adaptam à rotina cotidiana", diz.

"Pode durar alguns dias ou até mesmo algumas semanas, dependendo da intensidade das experiências durante o Carnaval e da capacidade de cada indivíduo lidar com a transição", completa.

SINAIS DA DEPRESSÃO PÓS-CARNAVAL

  • Nostalgia e saudade: A pessoa pode sentir uma nostalgia em relação às experiências vividas durante o Carnaval, como os momentos felizes com os amigos e a atmosfera animada.
  • Desânimo e falta de motivação: Pode haver uma sensação de desânimo, declínio de energia e falta de motivação para enfrentar as responsabilidades cotidianas.
  • Irritabilidade: A depressão pós-Carnaval pode se manifestar por meio de irritabilidade ou impaciência, fazendo com que você tenha uma maior dificuldade para lidar com as demandas do trabalho e do dia a dia.
  • Tristeza passageira: Algumas pessoas podem ter uma tristeza temporária, muitas vezes, associada à mudança do feriado para a rotina.
  • Mudanças no sono e apetite: Podem acontecer distúrbios temporários no sono, como insônia ou sonolência excessiva, e variações no apetite, que pode aumentar ou diminuir.

Por fim, vale lembrar que os sintomas da depressão pós-Carnaval tendem a reduzir à medida que a pessoa se readaptar à rotina normal. Em casos mais duradouros, o melhor a se fazer é procurar a ajuda de profissionais da saúde.

Terapia não é tudo igual: descubra qual abordagem funciona melhor pra você Terapia não é tudo igual: descubra qual abordagem funciona melhor pra você

 

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade