PUBLICIDADE

Nutricionista cita os alimentos indispensáveis para dieta cetogênica

Esse cumprimento ajuda nos objetivos de um adepto desse plano alimentar

28 nov 2023 - 17h01
(atualizado às 19h32)
Compartilhar
Exibir comentários

O que não faltam são dietas para um plano alimentar saudável, não é mesmo? Basta que haja uma consulta com especialista para verificar sua condição e objetivo para o alinhamento da sua dieta. Atualmente, a dieta cetogênica entrou em pauta por conta da sua peculiaridade e nesse sentido o nutricionista Felipe Nunes vai citar os alimentos indispensáveis para dieta cetogênica.

Alimentos indispensáveis para dieta cetogênica - Shutterstock
Alimentos indispensáveis para dieta cetogênica - Shutterstock
Foto: Sport Life

Conheça os alimentos indispensáveis para dieta cetogênica

"Alimentos indispensáveis para a dieta cetogênica são carnes, ovos, aves, iogurte natural, azeite de oliva, amêndoas, semente de linhaça, abacate, morango e castanhas. A maior parte dos alimentos que serão utilizados nesse tipo de dieta virão das gorduras e proteínas. É importante que os alimentos fontes de gordura sejam provenientes de boas fontes, como mono e poli-insaturadas", garante Felipe em entrevista exclusiva para o Sport Life.

Dessa maneira, a explicação acima denota que a dieta cetogênica é pobre em carboidratos, ou seja, o adepto desse plano deve evitar o consumo de alimentos, como massas, doces, arroz, pães, banana, macarrão, tubérculos e raízes.

"A dieta cetogênica é um dos vários tipos de planos alimentares que existem e consiste na redução acentuada dos carboidratos. É importante frisar que existe uma individualidade para cada tipo de pessoa. Por isso, evite seguir esse tipo de dieta sozinho e procure um profissional", pondera Nunes.

O motivo alegado pelo especialista é que a média comum do consumo de carboidratos diário é de 250g, mas já na dieta cetogênica esse consumo reduz para menos de 50g por dia.

"No caso da dieta cetogênica, o consumo de carboidratos será baixo e o de gordura será maior. Dessa forma, o fornecimento de energia será provido por meio das gorduras. Esse processo é conhecido como cetose, que consiste na utilização dos corpos cetônicos como fonte de combustível para o corpo", explica o nutricionista.

A dieta cetogênica é contraindicada para um grupo de pessoas?

"Gestantes, lactantes, idosos, pessoas com problemas renais ou no fígado devem evitar a dieta cetogênica por conta do aumento de gordura e proteína, que podem atingir negativamente esses órgãos", declara o profissional.

Outro detalhe exposto por Felipe é que nesse tipo de dieta há uma fase de adaptação e que os seus sintomas comuns no início são irritabilidade, hipoglicemia, letargia, boca seca e tonturas.

"Em relação ao emagrecimento, grande parte das pessoas não se dão bem com a restrição em longo prazo. Mesmo que esse tipo de dieta traga resultados nas primeiras semanas, ao longo dos meses existe um risco do surgimento de transtornos alimentares. Cada pessoa tem sua individualidade e nem todos vão se adaptar a esse tipo de alimentação", diz.

Quais são os principais benefícios dessa dieta?

"Um dos principais benefícios da dieta cetogênica está relacionado a diminuição das convulsões em pacientes com epilepsia. Isso porque esse tipo de dieta utiliza principalmente a gordura como fonte de energia em vez da glicose. Quando a gordura passa a ser utilizada como fonte de energia, existe uma maior produção de corpos cetônicos, que por sua vez reduzem a excitabilidade neuronal e reduzem o número de crises convulsivas", responde.

É verdade que esse plano alimentar não é indicado para esportistas?

"Mito. Após a fase de adaptação inicial, o indivíduo pode praticar exercício físico normalmente. O indivíduo fica com mais disposição e energia depois que os corpos cetônicos começam a ser produzidos", encerra o nutricionista Felipe Nunes.

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Publicidade