1 evento ao vivo

Jogo da Cabra-Cega

21 dez 2017
16h12
  • separator
  • comentários

Jogo: Cabra-Cega

Tipo de jogo: Recreativo

Foto: Mãe com Prosa

O que estimula: Atenção, concentração, orientação espacial

Idade recomendada: a partir de 6 anos

Onde brincar: em qualquer local

Número de participantes: no mínimo 2 participantes

Material necessário: apenas uma venda para os olhos

Também conhecida como pata-cega, cobra-cega e galinha-cega, acredita-se que a brincadeira tenha se originado durante a Dinastia Zhou, na China, por volta do ano 500 a.C. Na Idade Média e na Era Vitoriana, era divertimento aristocrático para adultos: na Casa dos Tudor (dinastia inglesa que reinou entre 1485 e 1603), os jogos de cabra-cega eram uma opção para recreação, em que um dos participantes procura pegar e adivinhar quem são os outros participantes, de olhos vendados. Aquele que for agarrado, passará a ficar com os olhos vendados.

Conhecida em toda a Europa, onde na França é conhecida como colin-maillard , em homenagem a um homem chamado Colin, que em luta medieval, ficou cego.

Neste jogo não há um número certo de jogadores e o material necessário é apenas uma venda para tapar os olhos da pessoa que será a "cabra-cega".

Em outra versão do jogo, além de alcançar os outros jogadores, o pegador deve também adivinhar pela audição quem foi pego, fazendo-lhe perguntas.

É muito importante definir bem os limites da brincadeira e retirar do espaço qualquer objeto que possa oferecer riscos às crianças.

Regras do jogo:

De olhos vendados, uma das crianças (escolhida ou sorteada) será a cabra-cega e, com os olhos vendados, tentará pegar os outros participantes da brincadeira. O primeiro a ser pego assume o posto de cabra-cega.

O pegador, no início da brincadeira, deve girar várias vezes para ficar desorientado. Os outros jogadores, que não estão vendados, fogem e se esquivam do pegador.

O primeiro a ser pego assume a posição de cabra-cega.

Em outra versão do jogo, a cabra-cega, além de alcançar os jogadores, deve também adivinhar pela audição quem foi pego, fazendo perguntas.

Quanto mais participantes a brincadeira tiver, melhor.

Mãe com Prosa

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade