1 evento ao vivo

Doces ou covardia?

5 nov 2018
11h44
atualizado às 13h38
  • separator
  • comentários

Não sou muito fã de Halloween, mas as meninas curtem e todo ano temos doces ou travessuras no nosso condomínio.

Foto: Mãe com Prosa

Semana passada combinamos que o evento seria ontem, às 17h. Voltei mais cedo de uma viagem, arrumei correndo uma filha enquanto a outra vomitava (desculpem, aqui só vida real, ainda que seja trash) e imagino que cada um dos moradores se mobilizou à sua maneira para cumprir o combinado.

Quando o ritual ia começar, eis que uma moradora se manifesta no grupo dizendo que pensou ser às 18h, que não conseguiria chegar a tempo, que não viu nenhuma mensagem combinando (sei) e que era para avisarmos a que horas começaria porque não queria que o filho percebesse que perdeu a festa e ficasse triste.

Como assim? Por que não somos capazes de frustrar nossos filhos? Por que nos acovardamos diante de situações que no fundo apenas fariam com que eles se tornassem crianças melhores? Por que simplesmente não conseguimos dizer ao filho: escuta, mamãe se confundiu e talvez você perca a festa ou chegue no final,ok?

Depois de mais algumas manifestações indignadas daquela vizinha, as outras 33 casas decidiram esperar a criança chegar para que a ausência no Halloween do condomínio não se transformasse num trauma de infância.

Também fomos covardes em ceder, mas a decisão foi coletiva e mesmo sendo contra, tive de aceitar.

Sabe o que eu acho? Perdemos uma chance incrível de ajudar a mãe daquela criança a mostrar para ela que a gente se confunde, que a gente precisa pensar nos outros e que nem sempre o mundo vai esperar por nós.

Perdemos a oportunidade de lembrar àquela mãe que pais não são perfeitos e às vezes a vida pode ser bem amarga..

Fico pensando que o melhor jeito de proteger os nossos filhos é torná-los mais fortes, isso sim!

Outros textos de Michelle Póvoa Dufour

Acesse nosso site: www.maecomprosa.com.br

O post Doces ou covardia? apareceu primeiro em Mãe com Prosa.

Mãe com Prosa

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade