1 evento ao vivo

Educar um filho é um ato político

29 out 2018
12h35
atualizado às 14h23
  • separator
  • comentários

Ontem as meninas foram votar com a gente, acompanharam tudo, perguntaram um monte de coisas e deitaram bem mais tarde do que o combinado. Era um dia de falar de política, de viver a política do Brasil atual.

Foto: Mãe com Prosa

Passei praticamente toda a eleição, muda, nas redes sociais. Melhor assim, para quem não se sente representada por ninguém, mas lá em casa o assunto sempre esteve na pauta do dia.

O que é ser presidente? Vocês gostam desse moço? Por que? O vovô vai votar em quem? E a tia Fran? O que um governador faz? Por que as pessoas estão comemorando? Por que as pessoas estão xingando? Ele reza? Ela acredita em Deus? Os pais da minha amiga não gostam daquele candidato. Vocês gostam? O que ele faz de bom? O que ele fez de errado?

E sabe qual foi (e é) a política que adotamos desde sempre? A de usar justamente a política para ensinar Elisa e Manu o que não deve ser feito por ninguém, de nenhuma legenda, de nenhuma cor, de nenhum gênero, de nenhuma classe social, não importa o lado escolhido.

Não devemos mentir
Não devemos prometer algo que não será cumprido
Não devemos roubar
Não devemos nos achar melhores só porque temos uma opinião diferente da do outro
Não devemos deixar de ouvir o que o outro pensa
Não devemos deixar de vibrar com a vitória do outro só porque não é a sua
Não devemos desmerecer a luta do outro só porque você foi o vencedor
Não devemos xingar
Não devemos bater
Não devemos humilhar
Não devemos deixar de ouvir o que o outro pensa
Não devemos fazer amizades por interesse
Não devemos desfazer amizades só porque temos interesses diferentes
Não devemos ter medo de dizer o que pensamos
Não devemos perder a esperança em dias melhores
Não devemos deixar de fazer a nossa parte, sempre, em qualquer circunstância

Vivemos tempos difíceis, de mudança, de extremos, de agressividade, de melancolia, de medo e de confusão.  Momentos valiosos para o aprendizado de pais e filhos. Torço para que um dia Elisa e Manu possam usar a política como referência do que seus filhos devem fazer de melhor. Espero estar aqui para acompanhar essa história.

Outros textos de Michelle Póvoa Dufour

Acesse nosso site: www.maecomprosa.com.br

O post Educar um filho é um ato político apareceu primeiro em Mãe com Prosa.

Mãe com Prosa

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade