0

Aproveitando os jogos do Brasil para cochilar, hein? Tô de olho!

12 jul 2018
15h51
  • separator
  • comentários

Não vou escrever de novo sobre a minha falta de ânimo com a Copa porque já fiz isso semana passada.O assunto de hoje é a pausa que a Copa permite. Hummmm, delícia!

Foto: Mãe com Prosa

E escrevo para quem tem filhos razoavelmente pequenos, digo razoavelmente porque eles precisam ter o tamanho exato, aquela idade que permite você "rebotar" o seu pijama às 11h da matina e desfrutar de um merecido cochilo sem ser interrompida a cada 3 segundos e meio. Mães com noites em claro acumuladas como eu, (já contei isso aqui), não podem perder tempo. Pega a tabela de jogos aí, menina! Veja que na sexta, ueba, tem mais!!!

E tem desculpa melhor do que o Mundial? Um evento que move o mundo, que amolece o coração do chefe, que te permite chegar mais tarde na labuta ou até dar aquela matadinha no trabalho? E se você não trabalha (fora, digo) pode aproveitar que toda a casa está de olho no campo para desfrutar de 45 min + 15 min + 45 min de puro deleite. Se bem que tem os gols, mas no último jogo a seleção deu aquela mãozinha e tivemos o primeiro tempo inteirinho de sossego.

Claro, tem os casos em que você é obrigada a passar a partida administrando os gritos do pai (tio, avô, madrasta, primo, irmã, irmão) e o choro do pequeno ou da boneca que se assustam a cada lance mais perigoso. Mas para o próximo jogo, já vai explicando que não precisa ter medo porque mamãe estará por perto, talvez em sono profundo, mas estará lá.

No meu caso que já tenho mocinhas, aproveito as partidas para comer mais pão de queijo do que deveria, acordar mais tarde, mimar marido e filhas fazendo pipoca e liberando o guaraná, arrumar algumas gavetas, colocar roupas na máquina, correr no clube e tomar umas mais cedo do que os bons modos permitem. Claro, também não perco a chance de explicar para as meninas que temos liberdade para assistir ou não aos jogos, que acompanhar a Copa é uma escolha que cabe a cada um, mesmo no país do futebol.

Com a classificação do Brasil para as quartas de final imagino que o negócio fique mais emocionante e que Elisa e Manu queiram entrar no clima. Nenhum problema. Por que não? No fundo, ando torcendo para que a gente ganhe a Copa porque não muda a vida, mas traz alegria e o brasileiro anda precisando. No fundo, torço pela vitória porque sou mãe brasileira e ando precisando de mais um pouco de descanso.  Vai Brasil!!!!!

Outros textos de Michelle Póvoa Dufour

Acesse nosso site: www.maecomprosa.com.br

Mãe com Prosa

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade