0

Estilista inglesa pede às pessoas que comprem menos roupas

Vivienne Westwood diz que moda não deveria ser prioridade na vida das pessoas

17 set 2013
20h05
atualizado às 20h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Vivienne Westwood não é nada convencional e já andou criticando o consumo exagerado de roupas. Pois ao fim do desfile da coleção verão 2014 da sua marca Red Label, mostrada na Semana de moda de Londres, a inglesa voltou a pregar contra o consumismo. "Compre menos. Escolha bem. Faça durar. Qualidade, não quantidade. Todo mundo está comprando roupas demais. Digo, sei que sou sortuda. Posso pegar as coisas, emprestá-las, mas odeio ter muitas roupas. E acho que os pobres deveriam ser ainda mais cuidadosos", disse ao fim da apresentação.

<p>Estilista mostrou sua coleção na semana de moda de Londres</p>
Estilista mostrou sua coleção na semana de moda de Londres
Foto: Getty Images

A estilista ainda afirmou que a moda não deveria ser prioridade na vida. "Acho que as pessoas deveriam investir no mundo. Não invista em moda, mas no mundo", disse, ressaltando que não incentiva o consumo de peças baratas. "Não significa que você tenha que comprar qualquer coisa barata. Em vez de comprar seis, compre uma de que realmente goste. Não compre apenas por comprar."

O discurso de Vivienne Westwood após o desfile ainda incentivou a cultura. "A primeira coisa a fazer, quem mora numa cidade, é ir a galerias de arte. Comece a construir valores diferentes, a se engajar com o passado, com a raça humana", completou.

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade