0

Marca masculina investe em recursos de alfaiataria para moda praia

Brasileira Barthelemy abre no shopping Cidade Jardim, em São Paulo, sua primeira loja

28 nov 2018
13h20
  • separator
  • comentários

Uma nova marca de moda praia, que tem como principal diferencial o investimento em construções típicas da alfaiataria masculina, chega ao mercado. É a Berthelemy, projeto dos empresários Ricardo Nobel, da Camisaria 1818, e Lucas Albuquerque, da Single Brands, que inaugura sua primeira loja nesta quinta, 29, no shopping Cidade Jardim.

O short Saline, carro-chefe da marca de moda praia masculina Barthelemy
O short Saline, carro-chefe da marca de moda praia masculina Barthelemy
Foto: Felipe Chaves/Divulgação / Estadão
Além dos shorts de banho, a marca comercializa bermudas de linho e sarja, camisas de linho e camisetas
Além dos shorts de banho, a marca comercializa bermudas de linho e sarja, camisas de linho e camisetas
Foto: Felipe Chaves/Divulgação / Estadão

Focada em roupas masculinas, ela tem como carro chefe os shorts de banho Saline, feitos em tecidos de secagem rápida e com um tipo de modelagem especial, que inclui bolso faca nas laterais, zíper na abertura da frente e um cinto elástico para ajuste da cintura. "Foram desenhados para quem gosta de se vestir bem e não abre mão de conforto e praticidade. Tem um caimento elegante e descontraído ao mesmo tempo", explica Ricardo, o responsável pelo design da coleção.

Além do Saline, o mix de produtos da Barthelemy inclui um modelo de short mais simples, com elástico e cordão, ambos em 20 opções de estampas, camisas de linho, bermudas de linho e de sarja, e camisetas. A marca garante ainda três anos de garantia contra defeitos de fabricação dos produtos.

Barthelemy - shopping Cidade Jardim, av. Magalhães de Castro, 12000, 2º piso, Cidade Jardim, barthelemy.com.br

A grife, que existe há dois verões, inaugura sua primeira loja no shopping Cidade Jardim, em SP
A grife, que existe há dois verões, inaugura sua primeira loja no shopping Cidade Jardim, em SP
Foto: Felipe Chaves/Divulgação / Estadão
Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade