1 evento ao vivo

Início da Semana de Moda de Londres é marcado por protesto ambiental

Ativistas do grupo Extinction Rebellion fecharam ruas e pediram que o Conselho de Moda Britânico tome medidas por políticas públicas

16 fev 2020
15h25
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Ativistas do meio ambiente roubaram a cena neste sábado, 15, no segundo dia da Semana de Moda de Londres, com um protesto que parou o trânsito enquanto pediam o cancelamento do evento britânico de cinco dias.

Dezenas de manifestantes do grupo Extinction Rebellion chamaram atenção e provocaram a ira de alguns motoristas ao soltarem chamas de fumaça colorida no ar e bloquearem as vias no centro de Londres, perto do local da feira fashion.

Alguns protestantes usavam máscaras de gás e roupas feitas de correntes enquanto outros levavam cartazes em que se lia "Sem moda em um planeta morto". Eles pediram ao Conselho de Moda Britânico que tome mais medidas para fazer lobby por políticas ambientais.

Em setembro do ano passado, no mesmo evento, o Extinction Rebellion se vestiu de branco com manchas vermelhas para chamar atenção para o impacto da indústria de vestimenta sobre o meio ambiente.

Os organizadores da Semana de Moda de Londres disseram que querem ajudar a promover a sustentabilidade e criar mudanças positivas na indústria.

Nesta temporada, a feira apresenta uma exposição chamda Moda Positiva e uma "loja de troca", onde os visitantes poderão trocar roupas usadas por itens doados. A maioria dos participantes da semana de moda, no entanto, terá seus olhos firmemente treinados nas ofertas da nova temporada.

Veja também:

Flávia Alessandra volta a ter visual de Helena, em "Salve-se Quem Puder"
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade