0

Circuncisão reduz sensibilidade do pênis, diz estudo

  • separator
  • comentários

Homens circuncisados podem ter desvantagens na hora da relação sexual. Um estudo recente mostrou que aqueles que tiveram a pele do prepúcio removida - seja durante a infância ou a vida adulta - apresentam menos intensidade no orgasmo do que os demais. As informações são do Daily Mail.

<p>Homens circuncisados têm mais probabilidade de relatar dor e dormência durante a excitação</p>
Homens circuncisados têm mais probabilidade de relatar dor e dormência durante a excitação
Foto: Getty Images

Para o estudo, foram examinados 1.369 homens com idade acima de 18 anos, que responderam a um formulário distribuído em estações de trem da Bélgica. Dos 1.369 homens, 310 tinham passado pela cirurgia. 

Os participantes foram questionados se eram ou não circuncisados e convidados a avaliar a sensibilidade do próprio pênis, levando em conta intensidade do orgasmo, dores e dormência. Para isso, deram uma nota, em uma escala de  0 a 5, para determinar o grau de sensibilidade. 

O resultado mostrou que participantes circuncisados relataram uma pontuação média de 3,31 quando acariciados por suas parceiras, contra 3,72 dos que não tinham passado pela cirurgia.

Uma explicação possível para este resultado é que a pele do prepúcio protege a glande de ter contato direto com a roupa. Ou seja, o excesso de atrito pode ressecar o pênis e deixá-lo menos sensível.

“Nós não estamos dizendo que há menor atividade ou satisfação sexual, mas a sensibilidade diminui”, explicou um dos especialistas do estudo, Piet Hoebeke, da Universidade Ghent.

A circuncisão é comum dos Estados Unidos, já que 75% dos homens realiza o processo por diferentes motivos. Por outro lado, o processo é raro no Reino Unido, com apenas 6% dos homens, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde.

Os pesquisadores descobriram ainda que homens circuncisados têm mais probabilidade de relatar dor e dormência durante a excitação, que acontece provavelmente por conta da cicatriz deixada pela cirurgia.

Ainda assim, a Academia Americana de Pediatria diz que os benefícios da circuncisão masculina superam os pontos negativos, já que o processo diminui o risco de infecções.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade