0

Preocupação de garotos com o corpo pode estar ligado a uso de drogas

5 nov 2013
20h32
atualizado às 20h32
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Getty Images

Preocupações com o corpo ou transtornos ligados à alimentação são logo associados às mulheres. Mas um levantamento feito entre adolescentes americanos mostra que 17,9% têm grandes preocupações com peso e físico.

Uma pesquisa feita pelo Hospital Infantil de Boston identificou que o assunto é mais comum do que se imaginava e que o comportamento pode estar ligado a atitudes de risco, incluindo uso de drogas e excesso de bebidas.

"Homens e mulheres têm preocupações muito diferentes sobre peso e aparência. Avaliações sobre desordens alimentares foram desenvolvidas para refletir as preocupações das mulheres com a magreza, mas não dos homens, que são mais focados na musculatura", explicou o médico Alison Field, ao jornal Daily Mail.

O estudo foi feito com base em respostas dadas de 1999 até 2010 a cada 12 meses por um grupo de garotos. Nove por cento disseram ser mais preocupados com o desenvolvimento da musculatura, enquanto 2,5% tinham mais preocupações com o peso. Seis por cento mantinham-se em alerta pelos dois aspectos.

Os que cultuavam um corpo definido mostraram-se duas vezes mais propensos a abusar de bebidas e de outras substâncias, como as ilícitas.

Do total da pesquisa, 3% mostravam sinais de transtornos alimentares e um terço deles comia demais ou consumia grandes quantidades de alimentos em curtos períodos. "Médicos podem não perceber que seus pacientes homens estejam muito preoucupados com peso e forma e que estejam fazendo uso de métodos nada saudáveis para atingir os objetivos. E os pais devem se preocupar que os filhos sejam tão bitolados com peso e forma quanto as meninas", disse Field.

Veja também:

Tender recheado de Natal
Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade