PUBLICIDADE

Como fazer pinhão perfeito: alimento é um dos favoritos no inverno

O chef Nilson Pinto orienta como preparar o pinhão para a festa junina

19 jun 2023 - 13h57
Compartilhar
Exibir comentários

Tem receita que é sinônimo de festa junina, e o pinhão é uma delas. Presença garantida nas quermesses, o alimento é simples e não tem muito segredo, mas existem algumas regrinhas no preparo que devem ser seguidas para que ele não estrague.

Chamamos o chef Nilson Pinto, do Churrasco Vip, para explicar o básico que você precisa saber para cozinhar o pinhão perfeito para a festa de São João. Mas não se engane: apesar de ser delicioso por si só, o pinhão é muito versátil e vai bem em diversas receitas - inclusive doces. Confira as dicas do chef e algumas curiosidades.

Pinhão é um dos pratos favoritos no inverno
Pinhão é um dos pratos favoritos no inverno
Foto: iStock

O que é pinhão?

O pinhão brasileiro é uma semente que vem da araucária, árvore típica do sul e do sudeste. O verdadeiro fruto da araucária é a pinha, estrutura redonda grande que com o tempo vai se abrindo até liberar o pinhão. Existem alguns tipos de pinhão aqui no Brasil: caiano, amendoim, branco, roxo e pinhão farinha. Não é à toa que o ingrediente é muito consumido na festa junina: a época de colheita geralmente é de maio a julho.

Como cozinhar pinhão?

O jeito tradicional de cozinhar pinhão é na panela de pressão, com sal a gosto. Por ser uma semente muito dura, a cocção em panelas normais é muito demorada, mas é claro que a panela de pressão não é a única maneira de cozinhar seu pinhão. O alimento pode ser feito na churrasqueira ou na frigideira. O resultado é diferente, mas ainda mantém o sabor característico do alimento.

Quanto tempo deixar o pinhão na panela de pressão?

Segundo o chef Nilson, o pinhão deve ser cozido entre 40 minutos a, no máximo, 1 hora e 10. A média fica entre 45 e 50 minutos. Há quem corte a ponta da semente para o pinhão para cozinhar mais rápido, mas a regra não interfere muito no sabor. Para saber se o pinhão está no ponto, Nilson recomenda abordar o fundo (parte mais gordinha) da semente. Se o interior sair fácil, o pinhão está perfeito para o consumo.

Como saber se o pinhão está estragado

Quando bem-feito, o pinhão é uma delícia. Pinhões estragados, porém, podem ser extremamente nocivos à saúde, e deve-se tomar muito cuidado ao consumir a semente. O chef Nilson recomenda nunca comer o pinhão verde, e destaca que, se o pinhão boiar na panela, ele está estragado.

Receitas com pinhão

Nas festas juninas, o pinhão geralmente é servido puro, com casca e temperado apenas com o sal que vai na água. Mas não se engane: existe uma série de receitas mais elaboradas em que o pinhão pode fazer toda a diferença. Nilson destaca que farofas e peixes combinam muito bem com o ingrediente, e o entrevero de pinhão é um clássico da culinária sulista. Nilson também recomenda doces. Bolo de pinhão e doce de pinhão com coco são ótimas pedidas para quem quer experimentar uma boa sobremesa de pinhão.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade