PUBLICIDADE

Chef de SP é cozinheiro do Papa no Brasil; veja preferências de Francisco

ver comentários
Publicidade
<p>Papa Francisco chegou ao Brasil na última segunda-feira</p>
Papa Francisco chegou ao Brasil na última segunda-feira
Foto: José Mauro Pimentel / Terra

O chef italiano Pasquale Mancini, responsável pelo cardápio do restaurante Terraço Itália, será o cozinheiro oficial da visita do Papa Francisco ao Brasil. O pontífice chegou ao Rio de Janeiro na tarde da última segunda-feira (22) e fica no País até o próximo dia 28. Até lá, ele experimentará os pratos feitos pelo chef de um dos restaurantes mais renomados da capital paulista.

Como o Papa não chegará a passar por São Paulo, o chef e uma equipe de apoio já estão há alguns dias na capital fluminense, hospedados no mesmo local onde o religioso está, para atender o pontífice e sua comitiva até o fim da Jornada Mundial da Juventude.

Pasquale Mancini nasceu na Toscana, região da Itália, e foi escolhido pela equipe de organização da visita do Papa ao Brasil, quando ela visitou o Terraço Itália meses atrás.

A instrução é para que o chef prepare pratos clássicos e sem exagero, que sejam fiéis as receitas originais e use de ingredientes selecionados.

<p>Papa Francisco prefere culinária clássica e italiana</p>
Papa Francisco prefere culinária clássica e italiana
Foto: AP

Segundo o restaurante, a mesma simplicidade franciscana que o Papa afirma ter na vida, ele extende também à sua alimentação. Prefere alimentos saudáveis, como frutas, frango sem pele e salada. Entre os "exageros", ele de vez em quando toma uma taça de vinho, mas não abre de uma xícara de café expresso.

Apesar de simples, fontes dizem que o Papa aprecia a boa alimentação e tem preferência pela culinária italiana, além de ser ele mesmo um bom cozinheiro. "Ele é um cozinheiro muito refinado, seu risoto é algo divino, mas as lulinhas recheadas que ele faz são ainda melhores", afirmou um dos participantes da comitiva do religioso.

Pessoas próximas a ele comentam ainda que quando era cardeal em Buenos Aires, Papa Francisco abria mão dos luxos, já que preparava o próprio jantar e circulava pela cidade de ônibus e metrô.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade