PUBLICIDADE

Os 6 principais erros que fazem sua casa parecer menor

Descubra os maiores equívocos na hora de planejar a decoração de um novo imóvel

12 jun 2022 19h25
ver comentários
Publicidade
Projeto do escritório Dantas & Passos Arquitetura.
Projeto do escritório Dantas & Passos Arquitetura.
Foto: Herman Charles Christ/Buzina de Imagem/Casa.com.br / Casa.com

Morar em uma casa ou apartamento traz alguns desafios, seja pelo fato de a família ser grande, ou não haver espaço suficiente para atividades diárias, como cozinhar.

Para profissionais que lidam diretamente com reformas residenciais, é fundamental que os futuros moradores planejem o lar com cautela, vislumbrando como será viver naquele imóvel. Para isso, o cuidado com a decoração é de extrema importância.

Segundo Habitissimo para tornar uma casa pequena mais aconchegante devemos prestar atenção em alguns detalhes importantes e evitar alguns erros que podem diminuir visualmente seus espaços. Confira os erros mais comuns:

1 - Não pensar na iluminação

Projeto da arquiteta Gisele Emery.
Projeto da arquiteta Gisele Emery.
Foto: Maura Mello/Casa.com.br / Casa.com

É uma regra muito clara da decoração: não desperdice luz natural. Quando falamos de um ambiente espacialmente limitado, essa regra se torna mais importante, já que o jogo de luz pode fazer com que os espaços pareçam mais amplos.

Sendo assim, tente não obstruir as entradas de luz de seus ambientes, opte por cortinas com tecidos mais leves e translúcidos e por elementos arquitetônicos que permitam a passagem da luz como vidros e elementos vazados.

Também é importante garantir um projeto luminotécnico eficiente para suprir os espaços durante a noite.

2 - Não priorizar as cores claras ou o equilíbrio das cores

Projeto do Apartamento MCB, do Estúdio Marion.
Projeto do Apartamento MCB, do Estúdio Marion.
Foto: Xavier/Casa.com.br / Casa.com

As cores desempenham um grande papel na decoração. Além de agradar o gosto pessoal, também conseguem interferir nas emoções e na aparência dos ambientes apesar do seu tamanho.

As cores escuras não estão proibidas, mas devem ser utilizadas com cautela, como pinceladas, e em combinação com cores mais claras para evitar o efeito de fazer com que os ambientes pareçam menores do que já são.

3 - Não distribuir os ambientes de maneira coerente

Apartamento Quinto Andar. Projeto do arquiteto João Marcos Calfat.
Apartamento Quinto Andar. Projeto do arquiteto João Marcos Calfat.
Foto: Divulgação/Casa.com.br / Casa.com

Não pensar no estilo de vida e nas necessidades de sua família na hora de montar os ambientes pode ser um grande erro, já que isso dará lugar a diversos incômodos e atividades realizadas em um mesmo ambiente de maneira conflitiva.

É importante pensar onde os móveis estarão posicionados tanto para não obstruir passagens quanto para não desperdiçar áreas que poderiam ser melhor utilizadas.

4 - Não pensar no tamanho e nas quantidades de móveis e decoração

-
-
Foto: UK Flooring Direct/Pinterest / Casa.com

Comprar os móveis por impulso ou pensando somente na estética e não na funcionalidade e no conforto é outro grande erro. Os móveis devem ser escolhidos segundo o espaço disponível e sem esquecer de deixar livre as áreas de circulação.

Outro detalhe importante é a quantidade, tanto dos móveis quanto dos elementos decorativos. Para não errar lembre-se da regrinha: menos é mais!

5 - Não escolher o piso adequado

Projeto realizado pela arquiteta Cristiane Schiavoni.
Projeto realizado pela arquiteta Cristiane Schiavoni.
Foto: Carlos Piratininga/Casa.com.br / Casa.com

Escolher pisos formados por peças muito pequenas podem comprometer o visual de seus ambientes e fazer com que pareçam menores ainda. Se possível, escolha pisos sem emendas, como o porcelanato líquido ou cimento queimado, por exemplo.

Ou então peças maiores de pisos cerâmicos e laminados. Todas essas opções ajudam a criar uma sensação de continuidade fazendo com que o ambiente pareça maior.

6 - Não manter os ambientes organizados

-
-
Foto: Mitchell Luo/Casa.com.br / Casa.com

Ter a casa bagunçada, cheia de coisas espalhadas e fora do lugar somente fará com que seus ambientes pareçam mais apertados. Portanto, tente manter sua casa organizada, guarde cada coisa em seu devido lugar e limpe frequentemente para que o que se destaque seja a decoração e o espaço em si e não a bagunça.

7- Se equivocar com o tamanho das cortinas

Projeto de Bruno Moraes Arquitetura.
Projeto de Bruno Moraes Arquitetura.
Foto: Luis Gomes/Casa.com.br / Casa.com

Parece besteira, mas escolher cortinas com tamanho errado pode fazer com que seus espaços pareçam menores. Cortinas muito curtas farão com que o teto pareça mais baixo e, pelo contrário, aquelas que se estendem até o chão farão com que pareça muito mais alto.

Da mesma forma, devemos nos atentar para que o trilho da cortina fique o mais próximo possível do teto.

8 - Espaços muito compartimentados

Projeto de Marcio Campos Arquitetura
Projeto de Marcio Campos Arquitetura
Foto: Mariana Orsi/Casa.com.br / Casa.com

Contar com muitas divisões e paredes em casa fará com que o espaço fique mais apertado, como se fosse um pequeno labirinto. A tendência de ambientes integrados funciona muito bem, principalmente quando falamos de espaços pequenos.

Se possível opte por integrar os espaços sociais da casa deixando somente as áreas íntimas isoladas. Que tal uma cozinha americana unida com sala de jantar e estar? O resultado será de ambientes fluidos, luz natural e espaços mais amplos e modernos.

9 - Espelhos

Sim, existem vários truques decorativos que podem ser utilizados para criar uma maior sensação de amplitude em seus ambientes e não utilizá-los pode ser um erro.

Alguns deles já mencionamos anteriormente, como as cores claras, a luz natural, pisos contínuos. Mas o mais interessante deles são os espelhos, já que com eles conseguimos enganar os olhos duplicando os ambientes e criando uma maior sensação de espaço.

Casa.com
Publicidade
Publicidade