PUBLICIDADE

Edifício sustentado por pilares em forma de Y "flutua" sobre o solo

Com desenho que homenageia a arquitetura moderna nacional, edifício Casa Brasileira Itaim tem assinatura da PSA Arquitetura

8 mai 2023 - 19h27
Compartilhar
Exibir comentários

Localizado no coração do Itaim Bibi, na cidade de São Paulo, o projeto Casa Brasileira Itaim foi desenhado pelo coletivo de arquitetos da PSA Arquitetura em homenagem aos mestres da arquitetura moderna brasileira. Sustentado por pilares em forma de Y - um dos diferenciais técnicos do projeto -, flutua a 19 m acima do solo.

-
-
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com

O projeto de alto padrão, construído com uma lâmina de concreto esbelta e com um mezanino levemente rotacionado, apresenta dois volumes principais: o edifício e o bloco de lazer e bem-estar, separados por um jardim tropical.

-
-
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com

Segundo Pablo Slemenson e Daniel Tesser, arquitetos da PSA Arquitetura e responsáveis pela assinatura do projeto, a identidade do projeto começou a surgir ao se pensar na localização do terreno com 70 m de frente para a rua Adolfo Tabacow, um dos pontos mais valorizados do bairro. A elevação do 1º andar aos 19 m de altura - o equivalente a 6 pavimentos -, permitiu que as áreas sociais dos apartamentos dos andares mais baixos também pudessem desfrutar da vista para o lado da rua.

-
-
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com

O edifício tem 60 m de comprimento, 90 m de altura e 650 m² de área e passou por um processo para garantir sua segurança: foram realizados ensaios em túnel de vento - simulação que avalia o desempenho da estrutura em caso de tempestades de vento e possibilita conhecer a resposta dinâmica da edificação e as condições de conforto dos ocupantes.

-
-
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com

Outros destaques do projeto são os sistemas de água de reuso e placas solares para aquecimento da piscina e da água utilizada no interior das unidades. Na fachada norte, o tijolo escuro, de estilo londrino, conversa harmoniosamente com outros materiais, além de possuir um desempenho termoacústico.

-
-
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com

Na entrada do prédio, percebida a falta de espaço para a implantação de um porte-cochere, foi criada uma praça para os automóveis no nível térreo inferior e uma passarela de concreto aparente para os pedestres, interligando a entrada do condomínio às áreas comuns.

Veja mais fotos abaixo!

Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Nelson Kon/Casa.com.br / Casa.com
Casa.com
Compartilhar
Publicidade
Publicidade