PUBLICIDADE

Apê alugado de 60m² ganha personalidade com papeis de parede e mobiliário

O projeto é assinado por Guta Louro e fica em Nova York. A profissional apostou em uma paleta mais sóbria pontuada de cores vibrantes

21 jun 2022 13h07
ver comentários
Publicidade
-
-
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com

O morador deste apartamento com 60m², em Nova Iorque, é um jovem brasileiro que vive há muitos anos em Flatiron District, Manhattan, e trabalha no mercado financeiro.

Como o imóvel é alugado, uma eventual reforma não estava nos seus planos, mas, ainda assim, ele queria que o imóvel refletisse o seu gosto e a sua personalidade para se sentir verdadeiramente em um lar.  Para realizar esta tarefa de renovação dos interiores, sem quebra-quebra, entrou em cena a arquiteta Guta Louro, com um escritório em São Paulo e Nova Iorque, Atlanta e Austin.

-
-
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com

"Por ser um apartamento alugado, evitamos a troca da pintura e trabalhamos com papel de parede na entrada. Como o imóvel não tinha forro no teto e havia apenas um ponto de iluminação na sala e nenhum no quarto, tivemos que brincar com diferentes opções de iluminação, instalando um trilho na sala de estar e uma luminária de parede com tomada comandada", conta Guta.

-
-
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com

Na decoração do apartamento como um todo predominam tons sóbrios e pálidos, que passeiam do cinza ao azul, mas a arquiteta acrescentou toques de laranja e azuis mais alegres na sala e um pouco de amarelo no quarto.

-
-
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com

"Como o cliente gosta de relaxar no sofá e receber os amigos em casa, escolhemos um modelo grande e bastante confortável, com módulo chaise na lateral. Ele também pediu um móvel com nichos para acomodar a coleção de discos de vinil que estava começando, além de espaço para o toca-discos", relata a arquiteta.

-
-
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com

No mobiliário se destacam ainda as mesas de centro Nanook, assinadas pelo designer Philippe Bestenheider para a italiana Moroso, que são leves e fáceis de deslocar, e as duas mesinhas rústicas entre o sofá e a janela, que também pode ser usadas como banquinhos em dias de casa cheia.

Veja mais fotos na galeria abaixo!

")."
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Foto: Romulo Fialdini/Casa.com.br / Casa.com
Casa.com
Publicidade
Publicidade