PUBLICIDADE

Cabelo fino pede reconstrução com proteínas e aminoácidos

15 jan 2015 13h00
| atualizado às 13h00
ver comentários
Publicidade
Para os fios finos e longos não ficarem ressecados e quebradiços, é preciso investir em hidratação e reconstrução
Para os fios finos e longos não ficarem ressecados e quebradiços, é preciso investir em hidratação e reconstrução
Foto: Yeko Photo Studio/Shutterstock

Muita gente ainda pensa que o cabelo com fios grossos é o mais problemático para cuidar. Mas são os fios fins que têm mais facilidade de ressecar, quebrar, embaraçar e ficar com aparência de mal cuidado. A mulher que tem essa estrutura e gosta de manter um cabelo longo deve ser ainda mais cuidadosa, pois as pontas podem ficar muito danificadas.

Selagem térmica preenche fissuras capilares

Conheça 5 tratamentos que acabam com efeito elástico

O hair stylist Rudi Werner, do salão Werner Coiffeur, no Rio de Janeiro, explica que a mulher deve ser cautelosa na hora de desembaraçar: “Fios finos tendem a quebrar mais facilmente. Use um bom leave-in e comece desembaraçando pelas pontas. Deve haver muito cuidado também ao secar com secador, usar chapinha, babyliss e após fazer químicas, já que ficarão mais frágeis”.

O profissional alerta que os finos já são frágeis e qualquer abuso os deixarão ressecados: “Processos químicos fazem o cabelo perder matéria, ou seja, aminoácidos e proteínas. Para isto, o fio fino deve estar sempre recebendo hidratação e emoliência, para perder o aspecto poroso. Evite usar o secador muito quente e muito próximo dos fios. Use sempre protetor antitérmico, inclusive na piscina, e um bom leave-in com fator de proteção solar”.

Reconstrução e hidratação
Nesse caso, principalmente, é essencial investir em produtos específicos para esse tipo de cabelo. “Hidratar constantemente com máscaras capilares ajuda a evitar e recuperar os danos de agressões diárias. Ao descolorir, por exemplo, o fio afina, pois perde lipídeos e proteínas. Podem ser repostos com tratamentos, como reconstruções capilares à base de proteínas e aminoácidos”, indica.

 

Fonte: Canarinho Press
Publicidade
Publicidade