PUBLICIDADE

7 princípios do treinamento físico e o melhor exercício para pernas

Angélica Almeida, colunista do Sport Life, explica a importância do planejamento para o desenvolvimento muscular

13 jan 2024 - 16h03
(atualizado em 15/1/2024 às 21h46)
Compartilhar
Exibir comentários

Fala meus amores, Angelica Almeida na área, tudo certinho com vocês? Quando falamos de treino e melhores exercícios, surgem muitas dúvidas, principalmente para quem é iniciante.

Princípios do treinamento e o melhor exercício para pernas
Princípios do treinamento e o melhor exercício para pernas
Foto: Shutterstock / Sport Life

Dúvidas são comuns, mas vale lembrar que o treino tem a sua individualidade biológica, portanto, cuidado ao repetir o treino da sua best friend.

7 princípios do treinamento físico

Os sete princípios do treinamento físico funcionam como norteadores de planejamento, execução, consolidação e controle da preparação de um atleta (amador, profissional e praticantes). São eles:

  • Individualidade biológica;
  • Adaptação;
  • Sobrecarga;
  • Continuidade;
  • Especificidade;
  • Variabilidade;
  • Interdependência volume x intensidade.

O exercício será eficiente a partir do momento que gerenciar todas essas variáveis dentro do seu treino, por isso, é necessário a orientação de um profissional de educação física.

+++ Leia Mais: Exercício do Dia - Maurício Figueira

Os sete princípios incluem todos os aspectos e tarefas do treino, determinando o conteúdo, os meios, os métodos e a organização dos exercícios físicos. Assim, controlando eles, é possível visualizar os resultados. No número de series, na carga, na execução do movimento, amplitude e etc.

Melhor exercício para pernas

Hoje vamos falar do melhor exercício para pernas, mais especificamente quadríceps. Eu não sou de puxar sardinha para determinados exercícios porque, ao meu ver, necessitamos trabalhar o corpo de forma global.

Mas sem sombra de dúvidas o agachamento é o exercício mais completo e te explicarei a razão.

O agachamento é um exercício multiarticular. Você não trabalha só os grupamentos musculares, que por si só recruta, mas outros em sinergia e de forma bem, mas bem eficiente. Envolvendo estruturas musculares e articulares, como coluna e core.

Agachamento é um movimento básico do nosso cotidiano, afinal, levantamos e sentamos inúmeras vezes ao dia. Você pode não agachar na amplitude de quando realiza o exercício, mas, com certeza, seus músculos estão ativados.

Outro ponto importante é realizar um movimento com menos esforço possível, isso somente o exercício físico proporciona.

Porque devo Agachar?

  • Hipertrofia dos músculos das coxas e glúteos;
  • Ganho de força e resistência;
  • Aumento de massa óssea nos ossos;
  • Protege a articulações por fortalecer a musculatura das pernas.

Tipos de agachamentos

Existem algumas variações de agachamento: com o peso corporal, com halteres, barra, kettlebell, com elástico ou com salto.

Para quem está começando é importante se atentar no movimento correto, vale mais do que adicionar carga. Lembre- se: a força realizada é na parte posterior, principalmente no bumbum. Portanto, contraia abdômen, faça a força para baixo, em direção ao chão, com os pés alinhados com o quadril. Não tente não ultrapassar a ponta dos pés e deixe eles colados no chão, para te dar estabilidade. Se a amplitude do movimento for pequena, não se desespere. A cada treino irá evoluir, insista que chegará nos 90º, ou no seu melhor.

Pratiquem, sempre pode melhorar. Até a próxima!

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Publicidade