PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Tragédia no RS: 'Meu presente seria nosso reencontro', desabafa mãe após bebê desaparecer em enchente

Gabrielli Silva, 24, pede informações sobre o paradeiro de Agnes, bebê de seis meses que desapareceu nas enchentes em Canoas (RS)

11 mai 2024 - 18h40
Compartilhar
Exibir comentários
Mãe busca informações por bebê desaparecido em meio a enchentes em Canoas (RS)
Mãe busca informações por bebê desaparecido em meio a enchentes em Canoas (RS)
Foto: Reprodução/Redes Sociais/@gabrielli.silvaa.5

Em meio à maior catástrofe climática da história do Rio Grande do Sul, uma mãe enfrenta a angústia pelo desaparecimento da filha, de apenas seis meses, que sumiu após cair do barco que resgatou a família no dia 4 de maio. Nas redes sociais, Gabrielli Silva, 24, moradora de Canoas, fez apelos por informações sobre o paradeiro da pequena Agnes, irmã gêmea de Ágata. 

"Me ajudem com informações concretas a chegar até minha filha", escreveu Gabrielli em uma publicação em seu perfil no Instagram na tarde deste sábado, 11. Na foto, ela mostrou um registro de Ágata usando um par de macacões iguais, destinado às filhas gêmeas. 

"Me digam o que vocês sentem em ver esta imagem? Um vazio? Um desconforto? Uma agonia? Um verdadeiro misto de sentimentos que quebra o coração de cada um. É assim que me sinto cada segundo que passa sem uma informação da minha filha. Então me ajudem com informações concretas a chegar até minha filha! Me ajudem a tirar a foto delas juntas com a mesma roupinhas que ganharam", escreveu a gaúcha. 

Gabrielli ressalta que segue sem informações da filha e que seu "presente de Dia das Mães", que acontece neste domingo, 12, seria o reencontro com a filha que chama de sua 'miss simpatia'. 

"As buscas pela Agnes estão cada vez maiores, e exigindo cada vez mais recurso para que possamos ir mais longe, nesse momento toda ajuda é bem-vinda", escreveu, por fim, a jovem. 

Na última terça-feira, 7, a gaúcha compartilhou uma postagem em que relata que ela e os quatro filhos se afogaram nas enchentes, mas que a Agnes foi a única que não pode ser resgatada pela embarcação, que levava 14 pessoas. A menina usava um moletom rosa e casaco colorido na ocasião. 

Por fim, a mãe pede que informações sobre o paradeiro da filha sejam enviadas em suas redes sociais. O perfil da jovem no Instagram é @gabrielli.silvaa.5. 

Enchentes no RS: quais são os rios que estão no centro da tragédia gaúcha Enchentes no RS: quais são os rios que estão no centro da tragédia gaúcha

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade