PUBLICIDADE

Saiba como doar qualquer valor para o Pix oficial do Rio Grande do Sul

Estado criou um comitê para gerenciar e fiscalizar recursos da conta oficial que devem auxiliar vítimas das enchentes

5 mai 2024 - 22h05
(atualizado em 27/5/2024 às 11h36)
Compartilhar
Exibir comentários
Campanha para mobilizar a sociedade civil a fazer doações para as vítimas das enchentes no RS
Campanha para mobilizar a sociedade civil a fazer doações para as vítimas das enchentes no RS
Foto: Arte: Terra

Por meio do Decreto nº 57.601, o governo do Rio Grande do Sul criou no domingo, 5, um comitê gestor para a conta ‘SOS Rio Grande do Sul’, que é o canal oficial de doações do Estado. O grupo é formado por entidades públicas e privadas, que irão definir ações, medidas e critérios de distribuição das doações arrecadadas pela chave Pix do canal.

Como doar?

As doações para a conta ‘SOS Rio Grande do Sul’ devem ser feitas via Pix:

Chave Pix: CNPJ: 92.958.800/0001-38

Associação dos Bancos No Estado do Rio Grande do Sul ou Banco do Estado do Rio Grande do Sul (as duas opções podem aparecer)

“A conta, vinculada ao Banrisul, é a mesma utilizada no ano passado, quando as chuvas causaram estragos significativos no Estado durante o mês de setembro, em especial nas cidades do Vale do Taquari”, informou o governo, por meio de nota. 

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), alertou a população sobre golpes envolvendo doações para as vítimas da tragédia causada pelos temporais no estado.

Em entrevista coletiva, Eduardo Leite (PSDB), esclareceu que todas as doações feitas através do PIX não vão para o Governo e, sim, para uma entidade privada vinculada a uma associação de bancos públicos. "Nenhuma das ações que comentamos aqui vai consumir recursos do Pix", disse o governador. 

Repasse das doações

Eduardo Leite, divulgou nesta segunda-feira, 13, que mais de R$ 93 milhões foram arrecadados “com a participação da sociedade civil de todo o Brasil”, e que parte desta renda será distribuída para 45 mil famílias afetadas pelas enchentes no estado.

O repasse será de R$ 2 mil por família desabrigada ou desalojada. O valor foi definido pelo Comitê Gestor dos valores doados pelo Pix SOS Rio Grande do Sul, que estabeleceu alguns critérios para as famílias poderem receber esse valor.

Outras formas de doar

Além do PIX oficial SOS Rio Grande do Sul, existem outros tipos de doações que podem ajudar as vítimas. Roupas, travesseiros, roupas de cama, fraldas, peças íntimas, absorventes e ração para os animais são alguns dos itens que podem ser doados através de pontos de coleta espalhados em vários lugares do país.

Veja a lista de integrantes do Comitê Gestor:

Setor público

  • Gabinete do Governador
  • Gabinete do Vice-Governador
  • Procuradoria-Geral do Estado
  • Secretaria de Desenvolvimento Econômico
  • Casa Militar
  • Secretaria de Logística e Transportes
  • Secretaria do Desenvolvimento Social
  • Secretaria da Habitação e Regularização Fundiária

Setor privado

  • Associação dos Bancos no Estado do Rio Grande do Sul
  • Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs)
  • Central Única das Favelas (Cufa)
  • Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS)
  • Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs)
  • Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomércio)
  • Fundação Marcopolo
  • Instituto Elisabetha Randon
  • Lions Club
  • Rotary Club
  • Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/RS)
Governador do RS afirma que doações via Pix são para entidade privada:
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade