0

R$ 9 mil: Samsung Galaxy Z Flip chega ao Brasil nesta quarta

Novo smartphone de tela dobrável da Samsung deve competir diretamente com o Motorola Razr

11 mar 2020
10h23
atualizado às 11h14
  • separator
  • 0
  • comentários

A fabricante de eletrônicos sul-coreana Samsung anunciou que, a partir desta quarta-feira (11), o seu segundo smartphone de tela dobrável, o Samsung Galaxy Z Flip, estará à venda em 12 lojas físicas da marca, além de seu site de comércio eletrônico. O aparelho terá uma versão na cor ultravioleta e uma na cor preta. O preço será de R$ 8.999.

Modelo do Samsung Galaxy Z Flip, um smartphone dobrável baseado no Android
Modelo do Samsung Galaxy Z Flip, um smartphone dobrável baseado no Android
Foto: Reuters

Ao contrário do Samsung Galaxy Fold - o celular que se transforma em um tablet -, o Galaxy Z Flip tem uma proposta de ser compacto. O conceito do novo aparelho é simples: fazer a tela do smartphone dobrar ao meio, lembrando o que ocorria no início dos anos 2000 com os telefones com flip.

Quando fechado, o aparelho fica com 7,6 centímetros de largura, 8,7 centímetros de comprimento e 1,5 centímetros de espessura. Quando aberto, o novo Samsung Galaxy Z Flip mostra sua tela AMOLED de 6,7 polegadas.

Além da sua tela dobrável, o novo smartphone da Samsung possui uma câmera frontal de 10 megapixels, duas câmeras traseiras de 12 megapixels, uma bateria de 3300 miliampère-hora, 8 gigabytes de memória RAM, 256 gigabytes de armazenamento interno e um processador octa-core.

Concorrência direta

Com uma taxa de crescimento mais tímida em vendas de smartphones (ver gráfico abaixo) nos último anos, as grandes fabricantes de celulares estão apostando nas telas dobráveis como uma forma de aquecer o setor e cativar o consumidor.

Além da Samsung, que lançou o Galaxy Fold e o Galaxy Z Flip, a marca chinesa Huawei deve lançar o seu celular com tela dobrável Mate X ainda este ano. A Xiaomi, por sua vez, está desenvolvendo o Mi Mix Alpha, um smartphone com uma tela que cobre toda a extensão do aparelho.

O Mi Mix Alpha, da Xiaomi, já foi apelidado de "celular de tela infinita"
O Mi Mix Alpha, da Xiaomi, já foi apelidado de "celular de tela infinita"
Foto: Reuters

O Samsung Galaxy Z Flip, no entanto, deve encontrar na empresa Motorola, que é controlada pela Lenovo, o seu concorrente direto. Em fevereiro deste ano, a empresa americana lançou o Motorola Razr, uma releitura do Motorola Razr V3, um dos 10 celulares mais vendidos da história.

Com a mesma proposta, a de ter um smartphone de tela dobrável compacto, o Galaxy Z Flip (R$ 8.999) e o Motorola Razr (R$ 8.999) devem atingir o mesmo tipo de cliente, que procura um celular de dimensões reduzidas, sem abdicar de desempenho e design.

Galaxy Fold

Em janeiro deste ano, a Samsung começou a vender o seu primeiro celular com tela dobrável, o Samsung Galaxy Fold. Com um preço de R$ 12.999, o aparelho teve todas as unidades disponibilizadas no primeiro momento vendidas em menos de 24 horas.

O Samsung Galaxy Fold chegou no Brasil com um preço de R$ 13 mil
O Samsung Galaxy Fold chegou no Brasil com um preço de R$ 13 mil
Foto: Douglas Busvine / REUTERS

Com um conceito diferente do Galaxy Z Flip, o Fold é um smartphone com tela de 4,6 polegadas, mas que se desdobra em um tablet de 7,3 polegadas. Trata-se de um modelo em que o foco está mais em cativar o consumidor por oferecer uma experiência imersiva. 

Veja também:

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade