0

Empresa quer armazenar conhecimento em forma de DNA na Lua

Projeto é guardar informações como livros importantes ou imagens em forma de moléculas de DNA na Lua.

19 dez 2018
10h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O conhecimento em DNA na Lua pode ser a herança de uma civilização que em breve poderá ser extinta. Ao passo que vivemos, cada vez mais destrutivos com nossa maneira devastadora em relação ao planeta Terra, não deve demorar muito para nos tornarmos história.

E a ideia da Arch Mission Foundation é justamente é compilar informação em forma de DNA, para que dure milhões ou bilhões de anos, usando nosso Sistema Solar como um grande drive de backup.

Eles querem guardar informações como livros importantes ou imagens em forma de moléculas de DNA para armazenar na Lua.

Foto: Foter.com

Para criar este projeto, a empresa age em parceria com a Microsoft, Universidade de Washington e a Twist Bioscience Corporation. De acordo com um comunicado à imprensa, os cientistas escolheram DNA para realizar este feito pois é uma forma de compilar informação de uma forma ultracompacta.

"Usando o DNA como um bloco de construção, você pode escrever e armazenar informações em um volume extremamente pequeno", disse Nova Spivack, co-fundador da Arch Mission, em entrevista à Scientific American. "Uma gotinha de líquido pode conter todo o data center da Amazon. Você pode replicá-lo de maneira barata para criar literalmente bilhões de cópias.”

Eles pretendem incluir 20 livros selecionados pelo Projeto Gutenberg e 10 mil imagens abertas da vida cotidiana. O plano é enviar tudo isso para a Lua em um foguete Atlas Vem 2020, de acordo com a Scientific American.

Este é apenas o início das ambiciosas ideias da ArchMission. Eles também pensam em espalhar conhecimento humano em planetas, asteroides, cometas e luas em todo o Sistema Solar.

Segundo Spivack, este é "grande gesto que reúne nossas esperanças e sonhos de se tornar uma civilização espacial".

(*) Flávio Croffi é editor do site Geekness

 

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Digital
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade