0

ONG propõe limite de 120 km/h em autoestradas alemãs

21 jan 2019
13h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Medida visa reduzir emissão de CO2 no país, mas ministro dos Transportes diz que não vai apoiar propostas que provoquem "raiva e irritação" em motoristas. A autobahn não possui limite de velocidade em vários trechos.A organização ambientalista alemã Deutsche Umwelthilfe (DUH) propôs nesta segunda-feira (21/01) limitar a velocidade máxima nas autobahnen (plural de autobahn) a 120 km/h e nas estradas estaduais a 80 km/h, com o objetivo de diminuir a emissão de CO2.

Uma parte da malha de autoestradas da Alemanha não tem limite de velocidade definido
Uma parte da malha de autoestradas da Alemanha não tem limite de velocidade definido
Foto: DW / Deutsche Welle

As autobahnen (autoestradas alemãs) são famosas por não terem limite de velocidade em muitos trechos, e não é incomum que motoristas trafeguem a velocidades bem superiores a 120 km/h. O mesmo ocorre em várias estradas estaduais.

"Nós exigimos um limite de 120 km/h em todas as autoestradas e de 80 km/h nas estradas estaduais", disse o diretor da DUH, Jürgen Resch, ao jornal Rheinische Post. Segundo ele, a medida poderia evitar a emissão de pelos menos 5 milhões de toneladas de CO2 por ano.

No ano passado, o tráfego de automóveis foi responsável pela emissão de 115 milhões de toneladas de CO2, segundo o Escritório Federal de Estatísticas da Alemanha.

Na semana passada, uma comissão que contou com o apoio do governo alemão e de setores da indústria automotiva já havia feito uma proposta similar. Nesse caso, o limite nas autobahnen seria de 130 km/h. O grupo também sugeriu um imposto adicional sobre o diesel e quotas de produção de veículos elétricos. As ideias têm como objetivo reduzir a emissão de CO2 no país até 2030.

Embora não passassem de sugestões, essas propostas acabaram provocando reações firmes, inclusive de membros do próprio governo. O ministro dos Transportes, Andreas Scheuer, que é filiado à legenda conservadora União Social Cristã (CSU), disse no domingo que as recomendações "são jogos mentais fora da realidade". "Alguns lobistas querem empurrar sua própria agenda contra todo o bom senso."

Recentemente, a França impôs uma taxa ambiental sobre a venda de combustíveis, mas a medida acabou servindo de estopim para o movimento dos "coletes amarelos", que há semanas castigam o governo de Emmanuel Macron com protestos.

Scheuer demonstrou não desejar que o governo alemão corra o mesmo risco. "Pedidos que provocam raiva, irritação, estresse e que ameaçam nossa prosperidade não vão se tornar realidade. Eu rejeito isso", completou o ministro.

Em resposta, Resch, da DUH, afirmou que os "comentários derrogatórios" de Scheuer sobre as propostas da comissão "mostram claramente que o Ministério dos Transportes não tem em mente nem a segurança do trânsito nem a proteção do clima". Ele também disse que a CSU e seu partido irmão, a União Democrata Cristã (CDU), da chanceler federal Angela Merkel, são "partidos da indústria automotiva". "União Diesel Cristã", referiu-se o diretor da ONG à CDU.

Nos últimos anos, a DUH tem feito lobby para que várias cidades da Alemanha proíbam ou limitem a circulação de carros a diesel - mais poluentes e que foram pivô do escândalo de manipulação de emissões que atingiu a indústria automotiva alemã. Essas proibições são extremamente impopulares entre motoristas e associações de proprietários de veículos, que alegam que eles não podem pagar pelos erros da indústria.

A CSU e a CDU têm se colocado ao lado dos proprietários e passou a criticar a atuação da Deutsche Umwelthilfe. Num encontro dos conservadores em dezembro, vários partidários pediram que a DUH perca seu status de ONG. A própria sucessora designada de Merkel na chefia da CDU, Annegret Kramp-Karrenbauer, acusou o grupo de estar travando uma "cruzada" contra o diesel e de estar prejudicando a indústria.

JPS/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube

| WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade