0

Trump anuncia bandeiras a meio mastro por vítimas da Covid

EUA registram mais de 94 mil mortes pela doença

22 mai 2020
09h07
atualizado às 10h37
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na noite desta quinta-feira (21) que as bandeiras nos prédios públicos federais e nos monumentos nacionais ficarão a meio mastro para homenagear as vítimas do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Bandeiras ficarão a meio mastro por três dias para homenagear vítimas do coronavírus
Bandeiras ficarão a meio mastro por três dias para homenagear vítimas do coronavírus
Foto: EPA / Ansa - Brasil

"Eu vou baixar as bandeiras em todos os Prédios Federais e Monumentos Nacionais em meio mastro pelos próximos três dias em memória de todos os norte-americanos que perdemos para o coronavírus. Na segunda-feira, as bandeiras também ficarão a meio mastro para honrar os homens e mulheres nas Forças Armadas que fizeram o Último Sacrifício pela nossa nação", escreveu em duas postagens no Twitter também referindo-se ao Dia da Memória, celebrado no dia 25 de maio.

O pedido ocorreu poucas horas depois dos democratas na Câmara dos Representantes apresentarem uma solicitação para que as bandeiras fossem colocadas a meio mastro quando o país atingisse 100 mil vítimas da Covid-19.

De acordo com os dados do Centro Universitário Johns Hopkins, os EUA contabilizam mais de 1,5 milhão de casos do novo coronavírus e 94.729 mortes pela doença.

Veja também:

Coronavírus: experimento japonês mostra rapidez com que vírus se espalha em restaurante
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade