PUBLICIDADE

Mundo

Hungria diz que Ocidente está próximo de enviar tropas à Ucrânia

Orbán analisou que Bruxelas 'brinca com o fogo'

21 abr 2024 - 13h51
(atualizado às 14h06)
Compartilhar
Exibir comentários

O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, declarou que o Ocidente "está a um passo" de enviar tropas para a Ucrânia, além de analisar que a União Europeia "brinca com o fogo".

O comentário do líder húngaro ocorre pouco tempo depois de a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos ter aprovado um novo pacote de ajuda militar para Kiev, envolvida em um sangrento conflito contra a Rússia.

"Estamos a um passo de o Ocidente enviar tropas para a Ucrânia. É um vórtice de guerra que pode arrastar a Europa para o abismo e Bruxelas está brincando com o fogo. No continente, a atmosfera é de guerra e a política é dominada pela lógica do conflito", afirmou Orbán em uma publicação nas redes sociais.

Enquanto isso, a Ucrânia informou que a região de Zaporizhzhia, no sudeste da nação, foi alvo de 390 ataques por parte das forças russas, que utilizaram um total de 124 drones. As autoridades locais afirmaram que não houveram pessoas feridas.

Moscou, por sua vez, revelou que conquistou a aldeia ucraniana de Bogdanovka, na região de Donetsk, e afirmou que suas tropas abateram nas últimas 24 horas um caça, um sistema de defesa aéreo e 194 drones de Kiev. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade