2 eventos ao vivo

Superávit comercial da China com os EUA cresce 7% em 2020

Protecionismo de Trump não foi suficiente para reduzir diferença

14 jan 2021
10h38
atualizado às 10h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Apesar da guerra tarifária deflagrada por Donald Trump, o superávit comercial da China com os Estados Unidos cresceu 7% em 2020 e chegou a US$ 316,9 bilhões.

Charge de Donald Trump em Guangzhou, na China
Charge de Donald Trump em Guangzhou, na China
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

A redução do déficit americano em relação ao gigante asiático foi uma das prioridades do mandato de Trump, que travou uma batalha comercial que incluiu sobretaxas alfandegárias contra centenas de bilhões de dólares em importações chinesas.

Segundo a Alfândega da China, o crescimento do superávit foi puxado pelo aumento das vendas de produtos médicos e materiais eletrônicos para os Estados Unidos. Os dois países assinaram uma trégua na guerra comercial em janeiro de 2020, quando a China se comprometeu a importar mais US$ 200 bilhões em produtos americanos até o fim de 2021.

Em relação ao mundo, o país asiático encerrou 2020 com superávit comercial de US$ 535 bilhões (+27%), maior cifra desde 2015. O crescimento também foi sustentado pela venda de equipamentos médicos e eletrônicos devido à pandemia de Covid-19.

Veja também:

O momento em que homem daltônico vê cores pela primeira vez com óculos especiais
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade