PUBLICIDADE

Mundo

Pilotos de companhia aérea da Indonésia adormecem durante voo; saiba mais

O incidente causou erros de navegação, porém, ninguém ficou ferido no episódio

8 mar 2024 - 16h19
(atualizado às 16h22)
Compartilhar
Exibir comentários

A agência de segurança da aviação da Indonésia pediu melhorias nos mecanismos de monitoramento da fadiga dos profissionais. Estas medidas foram solicitadas depois que dois pilotos adormeceram durante um voo comercial.

Pilotos de companhia aérea da Indonésia adormecem durante voo
Pilotos de companhia aérea da Indonésia adormecem durante voo
Foto: Divulgação / Perfil Brasil

Em 25 de janeiro, durante um voo da Batik Air de Sulawesi para Jacarta, os profissionais cochilaram simultaneamente por cerca de 28 minutos. A informação está no relatório preliminar do Comitê Nacional de Segurança Aérea (KNKT).

Segundo o documento divulgado pela AFP, meia hora depois da decolagem, o piloto havia pedido permissão ao copiloto para descansar. Assim, assumiu o controle e acabou dormindo alguns minutos depois. O piloto acordou 28 minutos após a última gravação e viu que o avião estava seguindo a rota errada.

O relatório preliminar do Comitê Nacional de Segurança Aérea indicou que um dos pilotos não havia descansado adequadamente antes do voo. Isto, portanto, resultou em uma série de erros de navegação. Apesar do incidente, por fim, todos os 153 passageiros e quatro comissários de bordo do Airbus A320 saíram ilesos após a viagem de duas horas e 35 minutos.

A KNKT instou a Batik Air a implementar procedimentos detalhados para garantir que os pilotos e a tripulação estejam devidamente descansados antes dos voos.

Fadiga de pilotos

Um dos casos mais notáveis de acidentes aéreos ocorreu em 2009: o avião 447 da Air France caiu no Oceano Atlântico durante um voo de Rio de Janeiro para Paris. Uma investigação indicou que a tripulação pode ter sido afetada pela fadiga devido a problemas de sono, podem ter sido incapazes de reagir adequadamente a uma situação de emergência. No entanto, é importante ressaltar que cada acidente aéreo é único e envolve uma série de fatores complexos.

 * Sob supervisão de Lilian Coelho

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade