0

O mistério das 'piranhas impossíveis' encontradas em lago na Inglaterra

Pescadores encontraram os peixes com dentes afiados mortos e boiando, mas piranhas normalmente não vivem em temperaturas tão baixas.

22 abr 2019
14h50
atualizado às 16h25
  • separator
  • comentários

Dois peixes com características muito próximas das piranhas foram encontrados mortos em um lago em Yorkshire, na Inglaterra.

Os animais estão sendo analisados para verificação de sua espécie.

Os peixes de dentes afiados foram encontrados por pescadores no lago Martinwells, próximo de Doncaster, uma região popular para caminhadas e pescaria.

O peixe está sendo analisado para determinar sua espécie
O peixe está sendo analisado para determinar sua espécie
Foto: SWNS / BBC News Brasil

Especialistas dizem que é praticamente impossível para piranhas, que são naturais dos trópicos, sobreviverem nas águas geladas da Inglaterra.

Autoridades ambientais do distrito de Doncaster, onde fica o lago, dizem que os peixes podem ter sido abandonados no local após terem sido criados como "animais de estimação".

Os ferozes predadores foram encontrados por Lisa Holmes e seu parceiro Davey White, que estavam pescando no lago no domingo.

"Meu parceiro estava observando a beira do lago quando de repente viu um peixe flutuando próximo à plataforma de pesca. Quando olhamos mais de perto e vimos os dentes, percebemos que era uma piranha", diz Lisa.

Os peixes foram encontrados no lago Martinwells
Os peixes foram encontrados no lago Martinwells
Foto: Google / BBC News Brasil

"Dado o ambiente natural das piranhas, é altamente improvável que elas tenham estado vivas em qualquer momento no lago", diz Gill Gillies, diretor-assistente de meio-ambiente da Assembleia de Doncaster.

"Imaginamos que elas foram criadas por alguém e jogadas no lago, algo que desencorajamos veementemente."

Os peixes agora estão sendo analisados pela agência ambiental local.

"Piranhas não são nativas da Inglaterra e não são apropriadas para nossos lagos e rios", disse um porta-voz da agência. "Esses peixes não sobrevivem ou se alimentam em temperaturas abaixo de 10ºC e rapidamente sucumbem ao frio e aos invernos do norte."

Dentada poderosa

A piranha-preta tem a mordida mais poderosa entre os peixes ósseos
A piranha-preta tem a mordida mais poderosa entre os peixes ósseos
Foto: Science Photo Library / BBC News Brasil

Piranhas são originárias das águas doces da América do Sul. Existem 36 espécies conhecidas, 24 delas encontradas no Brasil.

Algumas piranhas foram encontradas em outras parte do mundo, mas acredita-se que são todos casos de bichos mantido em cativeiro e soltos na água, segundo a BBC Ciência e Ambiente.

Piranhas têm dentes muito afiados e mandíbulas poderosas. Um estudo de 2012, feito por pesquisadores de universidades americanas e pelo INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), apontou que a piranha-preta, que chega a atingir 40 cm de comprimento, tem a mordida mais forte entre todos os peixes ósseos.

Elas comem praticamente qualquer coisa quando estão com fome - inclusive recorrendo a canibalismo se o alimento for muito escasso.

Embora raros, casos de ataques a humanos já foram registrados - e tendem a acontecer quando banhistas se aproximam de áreas de reprodução, já que os peixes se tornam mais agressivos no período de reprodução.

Em 2016, 25 pessoas foram atacadas por piranhas em dez dias na cidade de Pão de Açucar, em Alagoas.

Veja também:

 

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade