PUBLICIDADE

Mundo

Mulheres protestam contra fechamento de salões de beleza no Afeganistão

O fechamento dos salões de beleza é uma das medidas mais recentes para expulsar as mulheres da vida pública

19 jul 2023 - 21h26
(atualizado às 21h28)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto representativa, de dezembro de 2022, quando mulheres protestaram contra a proibição de estudarem
Foto representativa, de dezembro de 2022, quando mulheres protestaram contra a proibição de estudarem
Foto: Stringer/Getty Images

Cerca de 50 mulheres protestaram em Cabul, no Afeganistão, nesta quarta-feira, 19, contra o fechamento do salões de beleza, uma das medidas mais recentes para expulsá-las da vida pública. Segundo o canal internacional Al Jazeera, forças de segurança dispersaram as manifestantes com jatos de água e dispararam tiros.

O Afeganistão está sob comando do governo Talibã desde agosto de 2021. Desde então, as mulheres foram barradas de frequentar o Ensino Médio e universidades, de irem a parques, academias e foram obrigadas a andar cobertas em público.

No mês passado, veio a ordem para o fechamento dos salões de beleza administrados por mulheres. Além da exclusão quase que por completo das mulheres da sociedade, o fechamento dos salões também retira uma fonte importante de renda de milhares de famílias.

"Não tire meu pão e água", dizia um cartaz, segundo a Al Jazeera. Protestos no Afeganistão são raros e são rapidamente dispersados pelo exército. As mulheres que saíram em manifestação desta quarta-feira, porém, tinha esperança de que houvesse diálogo e negociação, o que não ocorreu. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade