1 evento ao vivo

Filiados do M5S aprovam aliança com PD em eleição regional

Partidos estudam se juntar para disputar governo da Úmbria

20 set 2019
17h21
atualizado às 18h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Os filiados ao Movimento 5 Estrelas (M5S) aprovaram nesta sexta-feira (20), em um referendo online, a formação de um "pacto cívico" com o Partido Democrático (PD), de centro-esquerda, para as eleições regionais na Úmbria.

O líder do Movimento 5 Estrelas, Luigi Di Maio
O líder do Movimento 5 Estrelas, Luigi Di Maio
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Inimigos ferozes até poucas semanas atrás, os dois partidos se aliaram no início de setembro para reconduzir Giuseppe Conte ao cargo de primeiro-ministro e evitar eleições legislativas antecipadas, como queria o líder de extrema direita Matteo Salvini, da Liga.

Agora, no entanto, M5S e PD estudam estender essa coalizão para as eleições regionais na Úmbria, em 27 de outubro, que têm o partido de Salvini como favorito. O "pacto cívico" foi aprovado com 60,9% dos votos na plataforma Rousseau, ferramenta de democracia direta do movimento.

Pouco mais de 35 mil eleitores participaram da consulta popular, menos da metade das quase 80 mil pessoas que deliberaram sobre a aliança "anti-Salvini" no governo nacional, no início de setembro. O próximo passo será definir um candidato a governador da Úmbria que tenha o apoio tanto do M5S quanto do PD.

"Estou confiante sobre a Úmbria. Há condições para, com esforço, chegar a uma candidatura forte, unitária e competitiva", disse o secretário do Partido Democrático e governador do Lazio, Nicola Zingaretti.

Já Salvini afirmou nesta sexta que a Liga vencerá o PD e o M5S em "qualquer lugar". "A vitória nos dará ainda mais gosto", ironizou.

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade