5 eventos ao vivo

Homens armados tomam navio de guerra ucraniano na Crimeia

Rajadas de armas automáticas teriam sido ouvidas próximo a embarcação, que estava atracada em Sebastopol

20 mar 2014
14h59
atualizado às 15h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um grupo de homens armados se apoderaram nesta quinta-feira da corveta ucraniana Ternopol, ancorada em Sebastopol, anunciou o porta-voz do ministério ucraniano de Defesa na Crimeia, Vladislav Seleznev.

"Entre 15 e 20 homens armados desembarcaram. Começou o assédio ao Ternopol", informou o porta-voz do ministério na Crimeia, Vladislav Selezniov.

Pouco antes das 19h (local, 14h em Brasília), o alferes de navio Alexei Kirilov enviou a seguinte mensagem: "Meu barco foi atacado, não posso continuar falando", divulgou o jornal Ukrainskaya Pravda, que também afirmou que ontem a embarcação tinha recebido um ultimato das tropas russas que o rodeavam exigindo que se rendessem ou seriam abordados.

Durante a noite, as forças russas lançaram várias granadas ao redor do navio. Rajadas de armas automáticas também foram ouvidas, afirmou uma fonte à AFP.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/crimeia/" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/crimeia/">veja o infográfico</a>

Na última quarta-feira, os membros das autodefesas da Crimeia, junto com civis, tomaram o quartel-general da Armada ucraniana em Sebastopol e capturaram o comandante-em-chefe, que hoje foi libertado após negociações entre oficiais russos e ucranianos.

Um acordo entre Kiev e Moscou desde a queda da URSS mantém Sebastopol como uma base naval da frota russa do Mar Negro, assim como navios da marinha ucraniana.

Com informações da AFP e EFE.

Presença da Rússia na Crimeia ameaça guerra com Ucrânia

 

Veja também:

Maior edifício impresso em 3D da Europa está em construção
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade