0

FBI ajuda Ucrânia a investigar corrupção de ex-presidente

As autoridades suíças mandaram congelar os bens de Yanukovytch e de seu filho, enquanto agentes do FBI ajudam ucranianos a investigar possível corrupção

10 mar 2014
16h33
atualizado às 16h34
  • separator
  • 0
  • comentários

Agentes do FBI trabalham em Kiev para ajudar os ucranianos nas investigações sobre a corrupção do regime do presidente destituído Viktor Yanukovytch, declarou nesta segunda-feira o embaixador dos Estados Unidos em Kiev.

O presidente ucraniano Viktor Yanukovytch durante discurso exibido pelo canal de televisão "UBR"
O presidente ucraniano Viktor Yanukovytch durante discurso exibido pelo canal de televisão "UBR"
Foto: AFP

"Estamos fazendo o possível para revelar a enorme cleptocracia do governo Yanukovytch", declarou Geoffrey Pyatt durante coletiva de imprensa.

"Temos especialistas do FBI, do Departamento de Justiça e do Tesouro na Ucrânia" para ajudar os investigadores ucranianos "a revelar os crimes financeiros cometidos pelo antigo regime e ver o que se pode fazer para obter algumas dessas quantias", acrescentou.

A União Europeia congelou na semana passada os ativos de Yanukovytch, do ex-primeiro-ministro Mykola Azarov e de dezesseis ex-ministros, empresários e membros das forças de ordem ucranianas.

As autoridades suíças também ordenaram o congelamento dos bens de Yanukovytch e de seu filho Olexandre, cuja fortuna aumentou sob o governo de seu pai.

A Ucrânia ocupa a 144ª na lista dos 177 países na percepção de corrupção da ONG Transparência Internacional.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade