PUBLICIDADE

EUA: Tiros em desfile de 4 de Julho deixam mortos em Illinois

Ao menos 24 pessoas ficaram feridas; polícia ainda não informou qual a natureza do tiroteio

4 jul 2022 - 13h33
(atualizado às 15h46)
Ver comentários
Tiroteio deixa pessoas feridas em desfile de 4 de Julho em Chicago, EUA
Tiroteio deixa pessoas feridas em desfile de 4 de Julho em Chicago, EUA
Foto: Reuters

Ao menos seis pessoas morreram e 24 pessoas ficaram feridas quando um homem abriu fogo contra uma multidão durante o desfile de 4 de Julho em Highland Park, na área metropolitana de Chicago, nos EUA nesta segunda-feira, 4.

Em coletiva de imprensa, a polícia divulgou a descrição do suspeito do crime: um homem branco, com idade entre 18 e 20 anos, com cabelos pretos mais longos, um corpo pequeno e vestindo uma camiseta branca ou azul. Uma espingarda também foi encontrada no local. A polícia faz operações no local para encontrar o suspeito. 

Tiros foram ouvidos cerca de dez minutos depois do início do desfile. A polícia ainda investiga o caso e não informa qual a natureza do ataque, mas um oficial afirmou que o evento parecia "completamente aleatório".

O deputado Brad Schneider, cujo distrito eleitoral inclui Highland Park, disse que ele e sua equipe de campanha estavam se reunindo no início do desfile quando o tiroteio começou.

"Ouvi sobre a perda de vidas e outros feridos. Minhas condolências às famílias e entes queridos; minhas orações pelos feridos e pela minha comunidade", disse Schneider no Twitter. "Já chega!"

Tiros em desfile de 4 de Julho deixam mortos nos EUA
Tiros em desfile de 4 de Julho deixam mortos nos EUA
Foto: Reuters

O desfile foi subitamente interrompido quando tiros foram disparados cerca de 10 minutos após o início, levando centenas de pessoas a correr para se protegerem, segundo o jornal Chicago Sun-Times.

As pessoas fugiram do local ao ouvir vários estrondos altos, informou a emissora CBS 2, de Chicago, citando um produtor que estava no desfile.

"Todo mundo estava correndo, se escondendo e gritando", disse a produtora digital da CBS 2 Elyssa Kaufman, segundo o site do canal.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade