PUBLICIDADE

Mundo

Esbarrão de comissária pode ter causado incidente com voo da Latam na Nova Zelândia, diz jornal

Cerca de 50 pessoas ficaram feridas após a perda brusca de altitude da aeronave

14 mar 2024 - 21h58
(atualizado às 22h45)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Um voo LA800 sofreu uma perda brusca de altitude e realizou um pouso de emergência na Nova Zelândia, resultando em cerca de 50 pessoas feridas. A causa preliminar da investigação aponta para um acidente envolvendo um botão acionado inadvertidamente por uma comissária.
Voo da Latam sofre 'incidente técnico', e 50 passageiros ficam feridos:

Um esbarrão dado por uma comissária no assento do piloto pode ter sido a causa para o incidente que ocorreu com o voo LA800, na última segunda-feira, 11. A aeronave teve uma perda brusca de altitude, que deixou cerca de 50 pessoas feridas e ocasionou um pouso de emergência na Nova Zelândia.

A informação foi publicada pelo jornal The Wall Street Journal, nesta quinta-feira, 14, que teve acesso a informações preliminares da investigação. A comissária teria esbarrado em um botão do assento do piloto enquanto servia a refeição na cabine. Com isso, o piloto teria sido empurrado para a frente e acionado os controles que acabaram lançando o nariz do avião para baixo.

Ainda de acordo com o jornal, o botão acionado acidentalmente pela comissária ao se esbarrar é protegido por uma tampa e não poderia ser acionado enquanto o piloto estiver sentado.

Brasileiro relatou momentos de terror

“Foi aterrorizante. A gente achou que ia morrer mesmo. Foi muito tenso. Nunca passei por isso na vida." O relato é do brasileiro Henrique Cidreira, que estava a bordo do voo LA800, que precisou realizar um pouso de emergência em Auckland.

Cerca de 50 pessoas ficaram feridas no incidente, uma delas em estado grave. O designer de interiores Henrique Cidreira contou à CNN que tinha acabado de voltar do banheiro quando começou uma forte turbulência.

"Eu tinha acabado de sentar, então ainda estava sem cinto de segurança. De repente, fui jogado duas poltronas para trás. Havia crianças na minha frente que também voaram. Foi uma queda muito brusca do avião”, contou.

A Latam informou que a aeronave apresentou um "incidente técnico", que lançou passageiros em direção ao teto. O voo havia saído de Sydney, na Austrália, e tinha como destino Santiago, no Chile.

A situação foi de terror dentro do avião. Cidreira disse ter visto pessoas machucadas. "Quando eu levantei vi pessoas com corte na cabeça, olho roxo, gente com perna quebrada, três comissários se machucaram. Um deles, que estava na cozinha, se machucou muito”, contou.

Dois comissários teriam ajudado os passageiros machucados, chegando a improvisar talas com os cintos dos passageiros, segundo detalha o brasileiro. Quando pousaram, Cidreira contou cerca de dez ambulâncias esperando por eles.

Ele disse que está apenas com algumas marcas roxas nas pernas e que aguarda para ser realocado em outro voo com destino ao Chile para fazer conexão para o Brasil.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade