0

China diz que não aceita críticas da ONU em relatório sobre C. do Norte

18 fev 2014
05h01
atualizado às 06h23
  • separator
  • 0
  • comentários

A China disse nesta terça-feira que não pode aceitar o criticismo da ONU em relatório divulgado pela agência denunciando crimes contra a humanidade cometidos pela Coreia do Norte. No documento, investigadores da ONU afirmaram que Pequim pode estar sendo cúmplice dessas violações.

Hua Chunying, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, disse que o governo não pode aceitar essa culpa em encontro com jornalistas, de acordo com a agência Reuters. “É claro que não podemos aceitar esse criticismo despropositado. Nós acreditamos que politicas questões de direitos humanos não é propício para a melhora dos direitos humanos do país”, disse.

A China é principal aliado do regime de Pyongyang. O relatório da ONU indicou que a Coreia do Norte comete crimes contra a humanidade, como submeter sua popular ao extermínio, à fome e à escravidão, e sua liderança merece até ser levada ante um tribunal internacional.

Ao mencionar a China, o documento, elaborado por uma comissão constituída em maio de 2013 pelo Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, diz que Pequim pode estar "sendo cúmplice de crimes contra a humanidade" ao enviar imigrantes e desertores de volta à Coreia do Norte para enfrentar a tortura ou execução.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade