4 eventos ao vivo

PT alega preconceito e entra na Justiça contra grupo virtual

17 out 2014
13h37
atualizado às 13h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou uma nota nesta sexta-feira dizendo que o diretório estadual do Partido em São Paulo ingressou com duas representações na Justiça pedindo medida cautelar ao Procurador Geral da República e ao Conselho Federal de Medicina contra a comunidade virtual “Dignidade Médica”, que tem usado as redes sociais para, segundo o PT, “incitar o ódio contra nordestinos, profissionais de baixa renda, o PT e a candidata à reeleição presidencial Dilma Rousseff”.

O diretório do PT pede a paralisação da veiculação das mensagens por parte da comunidade e pede responsabilização criminal e civil dos envolvidos, por “afrontar a liberdade política constitucionalmente assegurada a todos”.

Veja também:

De olho na nova geração - Gianluca Petecof
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade