2 eventos ao vivo

Presidente do PT: Aécio não tem muito respeito por mulheres

16 out 2014
17h15
atualizado às 17h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Presidente do PT, Rui Falcão</p>
Presidente do PT, Rui Falcão
Foto: Léo Pinheiro/Terra

O presidente do PT, Rui Falcão, disse nesta quinta-feira que o candidato do PSDB, Aécio Neves, apresentou uma postura machista no último debate promovido pelo Grupo Bandeirantes. Falcão disse que as palavras usadas pelo candidato com o dedo em riste demonstram uma “posição de quem não tem muito respeito pelas mulheres”.

“Ele que teve uma postura agressiva. Usou palavras como mentirosa e leviana para se referir à presidente, que demonstra uma posição machista de apontar o dedo, como já tinha feito com a Luciana Genro. Posição de quem não tem muito respeito pelas mulheres”, disse o dirigente petista, antes do debate presidencial do SBT, ao ser questionado pela estratégia “belicosa” do último debate.

No último confronto, Aécio chamou Dilma de leviana ao ser questionado sobre a construção do aeroporto na cidade de Cláudio (MG), em um terreno de um tio do candidato. O tucano se defendeu dizendo que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, arquivou um pedido de investigação criminal sobre o caso.

A fala de Rui Falcão demonstra que o PT está disposto a aumentar os ataques contra o adversário, que está empatado nas pesquisas com Dilma, numericamente à frente. Ontem, em discurso no Pará, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva citou um episódio em que o senador mineiro se recusou a fazer um teste de bafômetro.

Nesta quinta-feira, a campanha de Dilma deve manter a estratégia de usar a gestão de Aécio Neves em Minas Gerais no debate. O partido avalia que o tucano foi blindado pela mídia local por ter deixado a gestão com 92% de aprovação.

Veja também:

Descarte irregular de materiais eletrônicos especiais pode gerar multa de 5 mil
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade