Fuvest 2021 abre inscrições nesta segunda-feira, 31; saiba como fazer

Prazo vai até 23 de outubro; interessados devem fazer o cadastro no site da Fundação

31 ago 2020
08h22
atualizado às 08h25
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As inscrições para a Fuvest 2021 (Fundação Universitária para o Vestibular), prova feita para ingressar na USP (Universidade de São Paulo), serão abertas às 12h desta segunda-feira, 31, e permanecem disponíveis até o dia 23 de outubro. Os interessados devem acessar o site da Fundação e preencher um formulário com dados e foto atualizada para o cadastro. A taxa de inscrição custa R$ 182.

Como fazer a inscrição?

Para fazer a inscrição, o candidato precisa preencher um formulário de dados pessoais e criar uma senha de acesso. Depois, deverá inserir uma foto do seu rosto para reconhecimento facial nos dias da prova. Em seguida, é preciso informar se possui alguma necessidade especial e incluir documentos que comprovem essa condição.

O próximo passo será optar pela modalidade da vaga em que irá concorrer (Ampla Concorrência, Escola Pública ou Pretos, Pardos e Indígenas). Depois, o candidato precisará escolher a carreira e os cursos em que tem interesse - é possível escolher até quatro cursos ordenando pela preferência— e o nível de escolaridade.

Nesta etapa, também é preciso que seja indicada a cidade na qual ele fará a prova. Ao final, a pessoa vai precisar responder a um questionário com 27 perguntas para que seja traçado o perfil socioeconômico e cultural dos candidatos. Só então, o sistema vai gerar um boleto para o pagamento da taxa.

Quantas e quais os tipos de vagas a Fuvest oferece?

O vestibular da Fuvest oferece 8.242 vagas em vários cursos da USP em 2021, dividas em Ampla Concorrência (AC), Escola Pública (EP) e Pretos, Pardos e Indígenas (PPI). O vestibulando vai concorrer apenas com candidatos que optaram pela mesma modalidade.

Ampla Concorrência (AC): vagas disponibilizadas para todos os candidatos, sem exigência de nenhum outro pré-requisito;

Ação Afirmativa (EP): vagas destinadas aos candidatos que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras;

Ação Afirmativa (PPI): vagas destinadas aos candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras.

Quais as próximas datas importantes?

Inscrições - de 31 de agosto a 23 de outubro de 2020;

Prova da 1ª fase - 10 de janeiro de 2021;

Provas da 2ª fase - 21 e 22 de fevereiro de 2021;

Divulgação da 1ª chamada - 15 de março de 2021.

Quais obras são de leitura obrigatória para o vestibular?

Para o vestibular 2021, a Fuvest exige a leitura de nove livros. Confira:

Poemas Escolhidos - Gregório de Matos

Quincas Borba - Machado de Assis

Claro Enigma - Carlos Drummond de Andrade

Angústia - Graciliano Ramos

A Relíquia - Eça de Queirós

Mayombe - Pepetela

Campo Geral - Guimarães Rosa

Romanceiro da Inconfidência - Cecília Meireles

Nove Noites - Bernardo Carvalho

Como é o exame?

A Fuvest tem duas provas, divididas em duas fases. Na primeira, que vai acontecer no dia 10 de janeiro de 2021, será aplicada a prova de múltipla escolha. O estudante terá de responder 90 questões sobre as disciplinas de biologia, física, geografia, história, inglês, matemática, português e química (com algumas perguntas interdisciplinares).

As pessoas que passarem na primeira fase serão convocadas para fazer a segunda etapa da prova. Ela é dividida em duas partes. A primeira acontecerá no dia 21 de fevereiro de 2021 e terá dez questões de português e uma redação. No dia 22 de fevereiro de 2021, será realizada a segunda prova, que inclui 12 perguntas de duas, três ou quatro disciplinas, dependendo da carreira escolhida pelo vestibulando.

O que levar no dia do exame?

No dia da prova da Fuvest, é imprescindível que o candidato leve um documento original de identidade com foto e caneta esferográfica de tinta azul. A prova permite o uso de lápis e borracha para o rascunho. Apontador e régua transparente também são permitidos. Além disso, o vestibulando também pode levar água e alguns alimentos leves para serem consumidos durante a realização da prova.

Em quais cidades será realizado o exame?

Capital e Região Metropolitana de São Paulo: São Paulo, Barueri, Carapicuíba, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Osasco, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Taboão da Serra.

Litoral e Interior de São Paulo: Araçatuba, Barretos, Bauru, Botucatu, Campinas, Fernandópolis, Franca, Itapeva, Jaú, Jundiaí, Limeira, Lorena, Marília, Piracicaba, Pirassununga, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e Taubaté.

No entanto, devido à pandemia do novo coronavírus, os candidatos inscritos poderão, a depender da disponibilidade de lugares na região escolhida, ser alocados em cidades limítrofes.

Veja também:

A igreja que conecta fiéis a Deus com a ajuda do álcool
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade